Conceição Andrade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Conceição Andrade
66.º Prefeita de São Luís
Período 1º de janeiro de 1993
até 1º de janeiro de 1997
Antecessor Jackson Lago
Sucessor Jackson Lago
Deputada estadual pelo  Maranhão
Período 1 de fevereiro de 1987
1 de fevereiro de 1991
Partido MDB (2009–presente)
PSB (2005–2009)
PFL (1995–2005)
PSB (1987–1995)
PMDB (1985–1987)
PDS (1980–1985)

Conceição de Maria Carvalho de Andrade é uma advogada e política brasileira. Foi prefeita de São Luís.

Foi Secretária de Desenvolvimento Agrário (Sedagro), de 27 de abril de 2009 até 3 de janeiro de 2015, até a pasta passar a ser Secretaria da Agricultura Familiar (SAF).

Biografia[editar | editar código-fonte]

Conceição Andrade começou a carreira política no início dos anos 80 pelo Partido Democrático Social (PDS).

Em 1986, foi eleita, pelo PMDB, deputada estadual. Em 1987, é convidada pelo então presidente do PSB, José Paulo Bisol, para filiar-se ao partido, e aceitou. Em 1990, foi candidata ao governo do Maranhão, pela coligação "Frente de Oposição Popular", que reúne PSB, PT, PDT, PCdoB, PCB, ficando em terceiro lugar. No segundo turno, declarou apoio à João Castelo, contra Edison Lobão.

Em 1992, foi eleita prefeita de São Luís, no segundo turno, contra o candidato do PFL, João Alberto.

Em 1995, por conta das divergências políticas com o PSB, deixou o partido e se filiou ao PFL.

Nos anos seguintes, implementou de vários projetos sociais na capital, meia-passagem, terminais da integração, melhoria de feiras livres.

Em 1994, declarou apoio à Epitácio Cafeteira.

Entre janeiro a março de 1996, enfrentou a maior greve de coletores de lixo da história, da empresa "Coliseu" (responsável pela coleta de lixo na cidade) por aumento de salário, que terminou com acordo salarial.[carece de fontes?]

Depois da Prefeitura[editar | editar código-fonte]

Depois de Jackson Lago se eleger em 1996 e a prefeita deixar a prefeitura em 1º de janeiro de 1997, voltou para interior do Maranhão, para ficar com a família e também atuar na Iterma para ser advogada de trabalhadores rurais.

Nos anos seguintes, cria a Pads Assessoria de Desenvolvimento Social, com sede em São Luís, para atuar na capital e interior do Maranhão.

Em 2003, deixou o PFL e retornou ao PSB.

No mesmo ano,foi nomeada a secretária de Agricultura no início do governo José Reinaldo Tavares, mas deixou em 2004, para novamente voltar a atuar como advogada.

Em 2006, apoiou a candidatura de Roseana Sarney, depois de atender o pedido de seu colega, Waldir Maranhão. Mas o seu partido apoiou Jackson Lago no segundo turno.

Voltando à política[editar | editar código-fonte]

Depois de Roseana Sarney ter sido empossada para o Governo do Estado, sucedendo ao governador Jackson Lago (PDT), cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral em 17 de abril, foi convidada, em 27 de abril, a assumir a recém-criada Secretária de Estado de Desenvolvimento Agrário (Sedagro), pasta desmembrada da Secretaria da Agricultura, por meio da Medida Provisória nº 48, encaminha no mesmo dia à Assembleia Legislativa.[carece de fontes?]

Desde então serve na base de sustentação da governadora no Maranhão: "Roseana me convenceu que ela é uma pessoa séria, íntegra e de que faz política pública com decência", justificou Andrade sobre a mudança sobre a postura sobre ela, alegando que já está na base de sustentação do governo desde 1995. Sobre o passado político diz: "Não me arrependo de ter sido do PFL. Na verdade, foi uma fase de aprendizado".[1]

Expulsão do PSB[editar | editar código-fonte]

Em agosto de 2009, o diretório estadual do PSB abriu processo disciplinar contra a secretária do Desenvolvimento Agrário do Estado do Maranhão, Conceição Andrade, por contrariar deliberação que proibiu a participação de filiados da legenda no primeiro, segundo ou terceiro escalão do governo Roseana Sarney (PMDB).

A deliberação da executiva estadual foi decidida em encontro realizado no dia 29 de abril, 12 dias, depois de Roseana Sarney assumir o mandato, que no período da cassação de Lago, até a criação da pasta (ela ainda não havia assumido a pasta). O partido que era de apoio a Jackson, passou a oposição quando Roseana assumiu.[2]

Em 29 de agosto, foi expulsa do partido. Posteriormente, migrou para o MDB.

Referências

  1. Candidatura de Roseana ganha esforço de ex-adversários[ligação inativa]
  2. Conceição Andrade pode ser expulsa do PSB. Atualmente a ex-prefeita é Analista Judiciária (Direito) do Tribunal de Justiça do Maranhão, com lotação no Fórum Desembargador Sarney Costa. Jornal Pequeno, 17 de agosto de 2009


Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Precedido por
Jackson Lago
69° Prefeita de São Luís
19931997
Sucedido por
Jackson Lago
Precedido por
Secretária de Agricultura
20032004
Sucedido por
Precedido por
Secretária de Estado de Desenvolvimento Agrário
20092015
Sucedido por
Secretaria extinta