Ctrl+Alt+Del

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ctrl+Alt+Del em um teclado QWERTY

O Ctrl+Alt+Del é uma combinação especial de teclas na maioria dos sistemas operacionais e consiste no pressionamento sequencial (porém mantendo-se as teclas pressionadas): Ctrl (ou Control), depois Alt (ou Alternative) e finalmente Del (ou Delete).

A sequência de teclas Ctrl+Alt+Del forma um comando presente em microcomputadores compatíveis IBM-PC desde a década de 1980. No Windows este comando abre uma janela que permite controlar os processos em atividade no momento e fechar o que está causando conflito ou instabilidade. Em alguns sistemas, ao ser pressionado duas vezes esta combinação de teclas o sistema é reiniciado.

Normalmente quando um aplicativo trava, a maioria dos usuários recorre a combinação das teclas Ctrl+Alt+Del para destravar (reiniciar) o computador.

A história do Ctrl+Alt+Del

A combinação de teclas Ctrl+Alt+Del foi criada por David Bradley, em 1980. Ele foi um dos 12 funcionários envolvidos na criação do PC da IBM. Na época, os engenheiros perceberam a necessidade de desenvolver uma maneira simples de reiniciar um computador quando ele travasse. E Bradley então escreveu o código.

"Não imaginei que me tornaria um ícone cultural. Fiz muito mais coisas que o Ctrl+Alt+Delete, mas fiquei famoso por causa dele.", disse Bradley.

O segredo do sucesso

Bem humorado, Bradley atribui o verdadeiro sucesso de sua “invenção” a outro ícone da informática. Durante a festa de comemoração dos 20 anos do PC da IBM, ele participava de um painel de debates com Bill Gates e outros famosos do mercado de tecnologia. E todos falavam sobre o famoso código.

Foi então que Bradley disparou: "Eu posso ter criado o código, mas foi o Bill que lhe deu a fama"

Bill Gates parece não ter achado graça.

O mesmo atalho pode ser acessado apertando as teclas Alt+Ctrl+Del, da mesma forma.

Era DOS (1985-1995)[editar | editar código-fonte]

Nos Windows 1.0, 2.0 e 3.0, o computador é instantaneamente reiniciado. Essa é uma forma de destravar o computador.

Era 9x (1995-2001)[editar | editar código-fonte]

Nos Windows 95, 98 e ME, aparece uma pequena janela mostrando os aplicativos em execução. Se Ctrl+Alt+Del for novamente pressionado, o computador é instantaneamente reiniciado.

Windows XP[editar | editar código-fonte]

No Windows XP, há a Tela de Boas-Vindas. Se ela estiver ativada, o Gerenciador de Tarefas é iniciado, mostrando aplicativos e processos em execução, desempenho (uso de CPU e memória), Rede (conexão à Internet) e usuários em execução. Se ela estiver desativada, aparecerá uma tela com várias opções.

Windows Vista, 7, 8 e 10[editar | editar código-fonte]

A partir do Windows Vista, não há opção de desativar a Tela de Boas-Vindas. Apesar disso, no caso do Vista e do 7, a partir da edição Home Basic é possível desativar a Troca Rápida de Usuário. Não há esse recurso na versão Starter. Se você pensa que o bilionário Bill Gates não possui arrependimentos em sua longa carreira no mundo da tecnologia, está completamente enganado.

Durante uma conferência organizada pela Bloomberg nesta quarta-feira (20) em Nova Iorque, o magnata e fundador da Microsoft recebeu a inusitada pergunta: "Por que você escolheu a sequência CTRL-ALT-DEL?".

Após pensar um pouco sobre o questionamento, Gates explicou que essa era a única solução possível para forçar a interrupção de um processo nos computadores IBM. Segundo ele, os responsáveis pela elaboração deste comando "deveriam ter escolhido uma combinação mais óbvia".

Logo após concluir a sua réplica, o mesmo participante do evento perguntou se Gates se arrependia desta decisão. Com um tom divertido, ele respondeu de forma afirmativa, dizendo que, se pudesse, teria definido o mesmo comando para ser ativado por uma única tecla.

A combinação CTRL+ALT+DEL, apesar de muito popular entre os usuários do Windows e presente desde as primeiras versões do sistema, exige as duas mãos para ser ativada. Conforme o ZDNet explica, a escolha dessas teclas específicas ocorreu para evitar que o comando fosse ativado de forma acidental.

Fonte: WCCFTech .

Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.