Cult of Chucky

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cult of Chucky
O Culto de Chucky[1] (BR)
 Estados Unidos
2017 •  cor •  91 min 
Direção Don Mancini
Produção David Kirschner
Ogden Gavanski
Roteiro Don Mancini
Elenco Brad Dourif
Fiona Dourif
Alex Vincent
Jennifer Tilly
Summer H. Howell
Grace Lynn Kung
Gênero Slasher/Thriller
Música Joseph LoDuca
Cinematografia Michael Marshall
Edição Randy Bricker
Companhia(s) produtora(s) Universal 1440 Entertainment
Distribuição Universal Pictures
Lançamento Estados Unidos 3 de Outubro de 2017
Brasil 25 de Outubro de 2017
Idioma Inglês
Cronologia
A Maldição de Chucky
(2013)
Página no IMDb (em inglês)

Cult of Chucky (O Culto de Chucky (título no Brasil)) é um filme norte-americano sobrenatural de terror escrito e dirigido por Don Mancini, que é o criador e roteirista da franquia Child's Play. O filme foi lançado oficialmente no dia 3 de Outubro de 2017. O sétimo filme da franquia se passa depois dos acontecimentos do último filme, A maldição de Chucky, e é estrelado por Brad Dourif como Chucky, com um elenco de apoio de Fiona Dourif, Alex Vincent, Jennifer Tilly, Christine Elise e Summer H. Howell, em que todos os estes estão retornando com seus papeis de outros filmes da franquia.

A produção do filme começou em Winnipeg, Manitoba, Canadá, em janeiro de 2017. O filme foi lançado pela Universal Pictures em Blu-ray, DVD e VOD.

Curiosidades

- Tiffany diz que Chucky uma vez disse a ela que "um verdadeiro clássico nunca sai de moda". Esta é uma referência à morte do Chefe Kincaid de Bride of Chucky (1998).

- Quando Nica encontra Michael no hospital psiquiátrico, ela troca um chiclete de fruta Juicy Fruit por um cigarro. Quando ele começa a mastigar, ele diz: "Mmm, Juicy Fruit". Esta é uma referência óbvia para a cena em One Flew Over the Cuckoo's Nest (1975), quando Murphy dá um preso de Juicy Fruit to Chief e ele diz a mesma linha.

- Chucky compara um dos outros bonecos de Chucky a Hannibal Lecter, acrescentando "Não acredito que eles cancelaram aquele show". O escritor / diretor Don Mancini escreveu dois episódios de Hannibal (2013) durante sua terceira temporada (e inesperadamente final).

- Don Mancini afirma que Andy está bem financeiramente por causa do dinheiro do seguro que recebeu dos assassinatos em que estava envolvido quando criança.

- A cena da morte de Claire sofreu muitas reescritas. Ideias incluíam que ela fosse eletrocutada, encharcada pelo sistema de aspersão e, em seguida, incendiada e injetada com um anticoagulante, fazendo com que ela sangrasse

- Chucky mata Claire, lançando um tanque de oxigênio comprimido através de uma clarabóia, que é semelhante a uma cena em Bride of Chucky (1998), onde Tiffany joga uma garrafa de champanhe em um teto de vidro.

- O personagem de Carlos tem um marido chamado Jake, que sofre de esclerose múltipla. Em uma cena deletada, ele tira fotos de Nica para vender para os tablóides, já que ele foi à falência pagando pela medicação de Jake.

- Don Mancini revelou que Andy agora sofre de TEPT (transtorno de estresse pós-traumático).

- Tal como acontece com Curse of Chucky (2013), a versão sem classificação apresenta uma participação especial por um personagem que retorna no final dos créditos. Kyle (Christine Elise) de Child's Play 2 (1990) aparece na cabine de Andy para "se divertir" com o original Chucky. Ela está usando o mesmo chapéu que ela usava naquele filme.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Presa há quatro anos em um asilo para criminosos insanos, Nica Pierce (Fiona Dourif) está erroneamente convencida de que ela, e não Chucky, assassinou toda a sua família. Mas quando seu psiquiatra introduz uma nova “ferramenta” terapêutica para facilitar as sessões em grupo de seus pacientes – um boneco muito familiar com um rosto sorridente inocente – uma série de mortes horríveis começa a atormentar o asilo, e Nica começa a se perguntar se talvez ela não é louca.

Andy Barclay (Alex Vincent), o inimigo agora crescido de Chucky do filme original, parte para ajudar Nica. Mas para salvá-la, ele terá que superar Tiffany (a indicada ao Oscar Jennifer Tilly), a noiva de Chucky – que fará qualquer coisa, não importa qual mortal ou depravada, para ajudar seu amado boneco demoníaco.[2]

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Brad Dourif como a voz de Chucky
  • Fiona Dourif como Nica Pierce
  • Alex Vincent como Andy Barclay
  • Summer H. Howell, como Alice
  • Jennifer Tilly como Tiffany
  • Christine Elise como Kyle
  • Grace Lynn Kung como Claire
  • Zak Santiago como Carlos
  • Michael Therriault como Dr. Foley
  • Elisabeth Rosen como Madeline
  • Allison Dawn Doiron como Rachel

Produção[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Em dezembro de 2013, após o lançamento de A Maldição de Chucky, o criador da série, Don Mancini confirmou que ele estava planejando o desenvolvimento de um sétimo filme da franquia Chucky. Em fevereiro de 2015, Mancini começou a escrever o roteiro para o filme. Um ano mais tarde, Mancini, Jennifer Tilly e Fiona Dourif , foram confirmados no filme e anunciaram que iriam começar a gravar o filme em breve. Em dezembro de 2016, a produção do filme para o cinema foi inaugurado em Winnipeg, Manitoba, Canadá. Em 5 de janeiro de 2017, a sinopse, elenco, produção, programação e distribuição dos detalhes para O Culto de Chucky foram revelados, com as gravações definidas para começar, quatro dias depois.

Escolha de Elenco[editar | editar código-fonte]

Em 5 de janeiro de 2017, o elenco principal para O Culto de Chucky foi anunciado, com o talento de Brad Dourif como Chucky, Fiona Dourif como Nica Pierce, Alex Vincent como Andy Barclay, Jennifer Tilly como Tiffany e Summer H. Howell, como Alice. Sendo todos estes protagonistas de filmes anteriores, com Brad Dourif e Alex Vincent de Brinquedo Assassino (1988), Jennifer Tilly de A Noiva de Chucky (1998), e Fiona Dourif e Howell de A Maldição de Chucky (2013). O Culto de Chucky marca o retorno de Alex Vincent como protagonista, cujo o último papel principal foi na franquia Chucky, no filme Brinquedo Assassino 2, vinte e sete anos antes. Embora que Andy estava em Brinquedo Assassino 3, ele foi interpretado por outro ator, Justin Whalin devido aos acontecimentos terem ocorrido 8 anos após o segundo filme, que saiu menos de um ano depois. Andy também apareceu em A Maldição de Chucky, durante a cena pós-créditos.

Filmagens[editar | editar código-fonte]

As Filmagens Principais de O Culto de Chucky começaram em Winnipeg, Manitoba, Canadá, em 9 de janeiro de 2017, com o diretor cinematografico de A Maldição de Chucky, Michael Marshall, retornando no mesma posto. as Filmagens terminaram em 17 de fevereiro de 2017.

Referências