Dave Keuning

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dave Keuning
Informação geral
Nome completo David Brent Keuning
Nascimento 28 de março de 1976 (41 anos)
Origem Pela, Iowa
País  Estados Unidos
Gênero(s) Rock alternativo
Instrumento(s) guitarra
vocal de apoio
Período em atividade 1997 – presente
Afiliação(ões) The Killers
Página oficial Sítio oficial do The Killers

David Brent Keuning (Iowa, 28 de março de 1976) é o guitarrista da banda norte-americana de rock alternativo The Killers.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Keuning nasceu em 28 de março de 1976. Ele é de Pela, uma cidade no estado de Iowa e é descendente de holandeses. Entre os membros do The Killers, ele foi o último a se mudar para Las Vegas, Nevada.[2] Ele se formou na Pella Community High School. Enquanto estava na escola, Keuning trabalhou na Fareway Grocery, uma rede de supermercados baseada em Iowa. Enquanto adolescente, Keuning escutava bandas como Aerosmith e AC/DC antes de descobrir o U2. Ele ouvia freqüentemente os álbuns Joshua Tree e Achtung Baby. Quando começou a tocar guitarra, juntou-se à banda de jazz da escola e, posteriormente, a uma banda de rock cristão chamada Pickle, de 1993 a 1997. Depois da escola, Keuning estudou no Kirkwood Community College e na Universidade de Iowa, mas acabou saindo.

Uma das principais razões de Dave ter se mudado para Las Vegas em 2000 foi porque ele sentia que, por viver em Iowa, ele "sempre era o último a ouvir bandas novas e animadoras". Dave conseguiu um emprego em uma loja de calçados, mas foi demitido após o 11 de setembro. Ele usou o tempo livre para compor canções, chamando isso de uma "bênção disfarçada". Finalmente, ele encontrou um emprego em uma loja da Banana Republic no hotel-cassino The Venetian.

Keuning estava procurando juntar-se a uma banda, e colocou um anúncio nos classificados do jornal. Ele procurava começar ou juntar-se a uma banda que fosse influenciada pelos Beatles, Beck, Oasis, The Smashing Pumpkins e U2. Keuning teve de remover o The Cure das influências por causas das pessoas estranhas e góticas que ficavam respondendo ao anúncio. Ele disse que gostava de The Cure, mas que não comia morcegos. Os anúncios continuaram por meses, e Keuning estava começando a perder esperança. Pouco antes de ele desistir de encontrar outros músicos parecidos, Keuning recebeu uma ligação de seu futuro parceiro de banda Brandon Flowers sobre o seu anúncio. Keuning já tinha escrito boa parte do futuro sucesso "Mr. Brightside" enquanto os dois se encontraram pela primeira vez, oportunidade na qual compuseram outras canções. Keuning e Flowers mais tarde recrutaram o estudante de música Ronnie Vannucci Jr. para a bateria e o transportador de materiais médicos Mark Stoermer para o baixo, para compor a formação permanente do The Killers.

Equipamento[editar | editar código-fonte]

Amplificadores[editar | editar código-fonte]

Guitarras[editar | editar código-fonte]

Pedais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «David Keuning | Credits | AllMusic». AllMusic. Consultado em 10 de março de 2016 
  2. Weinberg, Leah (2004). "Interview with Dave Keuning of The Killers" RockPress.com (acessado em 4 de maio de 2006)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre guitarristas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.