Autorização para Transferência de Propriedade do Veículo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

A Autorização para Transferência de Propriedade do Veículo (ATPV-e) (antigo Documento Único de Transferência - DUT) é um documento eletrônico utilizado no Brasil para efetuar a venda de um veículo.[1]

A partir de 4 de janeiro de 2021, o Detran deixou de emitir o antigo DUT em papel-moeda e passou a emitir a ATPV-e somente quando o proprietário do veículo for vendê-lo.[2] Após a emissão do documento preenchido no balcão do Detran, com os dados do comprador, deve ser feito reconhecimento de firma no cartório para então haver a efetivação da transferência no Detran.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Contran autoriza digitalização de documentos de registro». EBC. Agência Brasil. 4 de janeiro de 2021. Consultado em 9 de janeiro de 2021 
  2. «Documentos de registro e transferência de veículo serão digitais». Governo do Brasil. 4 de janeiro de 2021. Consultado em 9 de janeiro de 2021 
  3. «Licenciamento e Certificado de Registro de Veículo são unificados em um mesmo documento». Detran-MT. 5 de janeiro de 2021. Consultado em 9 de janeiro de 2021