Duque de Lafões

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
  título nobiliárquico
  'Casa de Lafões'
Armas duques lafões.png

Casa(s) Materna(s)
Casa de Bragança e
Família Sousa, Marqueses de Arronches
Títulos incorporados
Senhorio de Casa de Sousa
Condado de Miranda do Corvo (1611)
Marquesado de Arronches (1674)
Ducado de Lafões (1718)
Ducado de Miranda do Corvo (1796)[carece de fontes?]
Cargos e Honras
Alcaide-Mor de Arronches
Mordomo-Mor (1801)
Fundador(es) da Casa
O infante Miguel de Bragança (bastardo de D. Pedro II) casou com Luísa Casimira de Sousa Nassau e Ligne (rica herdeira da ‘Casa de Sousa’). O primogénito, Pedro Henrique de Bragança, veio a ser o 1.º duque de Lafões

O título de Duque de Lafões foi criado por decreto de 17 de Fevereiro de 1718 e confirmado por carta de 5 de Setembro do mesmo ano, do rei D. João V de Portugal, em favor de seu sobrinho D. Pedro Henrique de Bragança, filho do infante D. Miguel de Bragança, um filho ilegítimo que seu pai Pedro II de Portugal tivera de uma senhora francesa de nome Ana Armanda de Vergé.

A residência principal da família dos Duques de Lafões era o Palácio do Grilo.[1]

Não tendo gerado descendência legítima, o título passou para o irmão, o general D. João Carlos de Bragança e Ligne de Sousa Tavares Mascarenhas da Silva, o mais famoso duque daquele título. Entretanto, a mãe de ambos, Luísa Casimira de Sousa Nassau e Ligne, foi a primeira a usar o título de duquesa de Lafões.[2]

Lista de Duques de Lafões[editar | editar código-fonte]

D. Luísa Casimira de Sousa Nassau e Ligne (1694-1729), casada com o filho bastardo de D. Pedro II de Portugal, D. Miguel de Bragança, usou o título de duquesa (não titular) de Lafões.

Titulares
  1. D. Pedro Henrique de Bragança (1718–1761), primogénito dos anteriores.
  2. D. João Carlos de Bragança e Ligne de Sousa Tavares Mascarenhas da Silva (1719–1806); irmão do antecessor.
  3. D. Ana Maria de Bragança e Ligne de Sousa Tavares Mascarenhas da Silva (1797–1851).
  4. D. Caetano Segismundo de Bragança e Ligne de Sousa Tavares Mascarenhas da Silva (1856–1927); neto da antecessora.
  5. Afonso de Bragança (1893-1946), 5º Duque de Lafões; filho do antecessor. Casado com D. Alice de Macedo.
  6. Lopo de Bragança (1921-2008), 6º Duque de Lafões; filho do antecessor. Casado com D. Maria José da Graça Salvação Barreto.
  7. Afonso Caetano de Barros e Carvalhosa de Bragança (1956), 7º Duque de Lafões; sobrinho paterno do 6º Duque de Lafões, sem descendência. Casado com D. Maria Teresa Black Ramada-Curto de Bragança.

Arvore Genealógica[3][editar | editar código-fonte]

A Casa Ducal de Lafões surgiu do casamento do infante D.Miguel (filho legitimado do rei D. Pedro II), com D. Luísa Casimira de Sousa e Ligne, herdeira dos Sousa-Arronches.


Royal Arms of Portugal.svg
Pedro II
[1648-1706]
Rei de Portugal 1683
Armas sousa arronches.png
Mariana de Sousa
[1672-1743]
C. de Miranda do Corvo 1672
M. de Arronches 1706
Sr. da Casa de Sousa 1481-1519
Carlos José
de Ligne

[1661-1713]
Blason Fécocourt 54.svg
Henrique
[1644-1702]
4º Príncipe de Ligne
e do Sacro Império
João V
[1689-1750]
Rei de Portugal 1706
Miguel de Bragança
[1699-1724]
infante legitimado 1704
Luísa Casimira
de Sousa Nassau e Ligne

[1694-1729]
D. titular de Lafões
herdeira da Casa de Sousa
Pedro Henrique
de Bragança e Ligne

[1718-1761]
1º D. de Lafões 1718
Armas duques lafões.png
João Carlos
de Bragança e Ligne

[1719-1806]
2º D. de Lafões 1761
Henriqueta Júlia
de Lorena e Meneses
[1772-1819]
herdeira da
Casa de Marialva
Royal Coat of Arms of Portugal with Mantle.svg
Casa Real
de Portugal
José João
de Bragança
[1795-1801]
D. de Miranda do Corvo
Ana Maria
de Bragança e Ligne

[1797-1851]
3ª D. de Lafões 1806
Segismundo Caetano
Álvares Pereira de Melo
[1800-1867]
M. de Cadaval [4]
Grandee Coat of arms of the Princes of Ligne.svg
Casa Principesca
de Ligne
Maria Carlota
[1820-1865]
herdeira da Casa
(não se encartou)
Pedro
de Portugal e Castro
[1830-1878]
2º filho do M. de Valença
Caetano Segismundo
de Bragança e Ligne
[1856-1927]
4º D. de Lafões
Par do Reino 1882
Afonso de Bragança
[1893-1946]
2º D. de Miranda do Corvo
5º D. de Lafões
Lopo de Bragança
[1921-2008]
6º D. de Lafões
9º M. de Arronches
7º M. de Marialva
Miguel Bernardo
de Bragança
[1927-2002]
Diogo de Bragança
[1930-...]
8º M. de Marialva
Afonso Caetano
[1956-...]
7º D. de Lafões

Legenda :
D. = Duque(sa)
M. = Marquês(a)
C. = Conde(ssa)
Sr.= Senhor(a)

Notas

  1. «Palácio dos Duques de Lafões, também denominado Palácio do Grilo». patrimoniocultural.gov  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda)
  2. "Nobreza de Portugal e do Brasil", vol. II, pp. 659-662. Zairol Lda., Lisboa 1989.
  3. Elaborada de acordo com a informação em http://genealogy.euweb.cz/capet/capet68.html, http://genealogy.euweb.cz/capet/capet59.html#MDL, http://genealogy.euweb.cz/capet/capet74.html#NC e http://genealogy.euweb.cz/capet/capet65.html
  4. filho segundo do 5º Duque de Cadaval tendo, por isso, honras de Marquês

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • "Nobreza de Portugal e do Brasil" – Vol. II, pág. 659-662. Publicado por Zairol Lda., Lisboa 1989.