Escrivaninha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Uma escrivaninha Chippendale.
Escrivaninha chinesa do século XII.

Escrivaninha ou “Escrivania” é um móvel utilizado tanto para escrever quanto para guardar arquivos, documentos e objetos. Geralmente, a escrivaninha é colocada no quarto, no escritório ou na sala e podem ter uma ou mais gavetas, compartimentos ou escaninhos para guardar itens como materiais de escritório e papéis. As escrivaninhas geralmente são feitas de madeira ou metal, embora materiais como o vidro também sejam usados.[1]

Os modelos de antigamente possuiam esteira móvel que ao serem fechadas escondiam uma possível desorganização sobre o tampo.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

A palavra "escrivaninha" originou-se da palavra latina moderna "mesa para escrever", de meados do século XIV. Em inglês, a palavra "desk" é uma modificação de "dish" ou "disc" do italiano.[2][3]

História[editar | editar código-fonte]

As mesas de escritório geralmente possuem espaços destinados aos documentos em papel.
Bureau du Roi, localizado no Palácio de Versalhes.

Invenção[editar | editar código-fonte]

Móveis para escrever parecem não ter sido usados ​​na antiguidade clássica ou em outros centros antigos da civilização letrada no Oriente Médio ou Extremo Oriente, mas não há prova específica. É na idade média que surgem as primeiras peças de mobiliário que parecem ter sido pensadas e construídas para a leitura e a escrita.

Antes da invenção da impressão no século XV, qualquer livro ou outro documento tinha que ser copiado à mão.[4] As escrivaninhas foram projetadas com espaços para guardar instrumentos de escrita. Como os volumes de manuscritos às vezes eram grandes e pesados, as escrivaninhas da época geralmente tinham estruturas volumosas.[5]

As escrivaninhas da Renascença tinham estruturas relativamente mais estreitas e possuiam mais gavetas. É possível descobrir se um móvel dessa época foi projetada para ser usada como escrivaninha apenas procurando uma gaveta com três pequenas separações usadas para colocar instrumentos de escrita.[5]

Era Industrial[editar | editar código-fonte]

As escrivaninhas começaram a ser produzidas em grandes quantidades durante o século XIX, devido ao aumento de trabalhadores em escritórios. A partir de então, quantidades limitadas de escrivaninhas finamente trabalhadas continuaram a ser construídas por mestres marceneiros para as casas e escritórios dos ricos, enquanto a grande maioria das escrivaninhas era montada rapidamente por mão de obra não qualificada a partir de componentes produzidos em lotes.[6]

Versões em metal[editar | editar código-fonte]

As mesas de metal foram criadas para suportar cargas mais pesadas de papel e o peso das máquinas de escrever. Daí surgiu também a "mesa para máquina de escrever", uma plataforma, por vezes sobre rodas e com superfície expansível através de abas, que foi construída a uma altura específica para tornar a escrita mais fácil e confortável do que numa escrivaninha normal ou tradicional.[7]

Carteira escolar[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Carteira escolar

A carteira escolar é uma adaptação das escrivaninhas tradicionais. Anna Breadin projetou e patenteou uma carteira escolar de uma peça no final da década de 1880 que foi construída com uma seção de mesa fixada na frente de um assento de madeira e encosto. Antes disso, os alunos se sentavam em cadeiras ou em longos bancos.[8]

Influência de computadores[editar | editar código-fonte]

Até o final dos anos 1980, as mesas continuavam sendo um lugar para documentos e máquinas de escrever, mas com a introdução do computador pessoal nas grandes e médias empresas, novos designs de escritório surgiram para atender essas mudanças,[9] levando posteriormente a adaptações nas escrivaninhas domésticas.

Exemplos notáveis[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Definition of DESK». www.merriam-webster.com (em inglês). Consultado em 14 de maio de 2021 
  2. «Definition of DESK». www.merriam-webster.com (em inglês). Consultado em 14 de maio de 2021 
  3. «help desk/ | Search Online Etymology Dictionary». www.etymonline.com. Consultado em 14 de maio de 2021 
  4. «The Invention and History of the Printing Press». interestingengineering.com (em inglês). 12 de setembro de 2018. Consultado em 14 de maio de 2021 
  5. a b «A Short History of Desks». FineWoodworking (em inglês). 14 de setembro de 2005. Consultado em 14 de maio de 2021 
  6. «A Potted History of Writing Furniture & Antique Desks». web.archive.org. 21 de abril de 2012. Consultado em 14 de maio de 2021 
  7. «Vintage Metal Desk Information». Home Guides | SF Gate (em inglês). Consultado em 14 de maio de 2021 
  8. «A Short History Of School Desks | Interior Design | General Article C…». archive.is. 4 de agosto de 2012. Consultado em 14 de maio de 2021 
  9. «1990's Office Design and the Dot Com Boom». COFCO (em inglês). 10 de julho de 2016. Consultado em 14 de maio de 2021 
  10. «Resolute Desk - White House Museum». www.whitehousemuseum.org. Consultado em 14 de maio de 2021