Estádio Diego Armando Maradona

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Estádio Diego Armando Maradona
Argentinos Juniors Stadium.jpg

Nomes
Nome Estádio Diego Armando Maradona
Apelido "La Paternal"
Antigos nomes Estádio da Asociación Atlética Argentinos Juniors
Características
Local Buenos Aires, bairro Villa General Mitre
Gramado Grama natural (100 x 66 m)
Capacidade 25.500 espectadores
Construção
Data 1940 e 2003
Custo 8.000.000 dólares
Inauguração
Data 26 de dezembro de 2003 (15 anos)
Partida inaugural -
Outras informações
Remodelado 2003
Expandido 2003
Proprietário Argentinos Juniors
Administrador Argentinos Juniors
Arquiteto Héctor Caracciolo
Mandante Argentinos Juniors

O Estádio Diego Armando Maradona é um estádio de futebol localizado na cidade de Buenos Aires, na Argentina.

Estádio Diego Armando Maradona

Inaugurado em 26 de Dezembro de 2003 no lugar do antigo estádio, tem capacidade para 25.500 torcedores e pertence a Asociación Atlética Argentinos Juniors.

O estádio demorou dez anos para ser construído, devido a crise financeira que assolou o clube, que durante a construção mandava seus jogos no Estádio Arquiteto Ricardo Etcheverri.

O nome do estádio é uma homenagem a Diego Armando Maradona, um dos maiores jogadores de futebol da história e que foi revelado nas categorias de base do clube.

História[editar | editar código-fonte]

Sua construção demorou quase 10 anos , em virtude da difícil situação financeira que o clube enfrentava, e o mesmo foi batizado com o nome de Diego Armando Maradona - jogador saído de suas categorias de base e máxima figura do clube - como forma de homenagem. Foi neste estádio que o jogador argentino entrou pela primeira vez em campo de maneira oficial.

O estádio original foi inaugurado em 27 de abril de 1940, mas sua reinauguração foi em dezembro de 2003. A primeira partida jogada no novo estádio foi entre os jogadores do Argentinos Juniors que ganharam a Copa Libertadores da América de 1985 e os integrantes da equipe de 1996-97.

Estrutura[editar | editar código-fonte]

Museu[editar | editar código-fonte]

No estádio o Argentinos Juniors possui um museu do clube chamado ""El Templo del Fútbol'', inaugurado em 25 de novembro de 2009 [1], e fica aberto ao público aos sábados, das 10h às 13h, e em dias de jogos no estádio.

Polideportivo Las Malvinas[editar | editar código-fonte]

Argentinos Juniors conta com um Complexo Polidesportivo [2] situado no centro de Buenos Aires, um amplo espaço para que os sócios realizem variados tipos de atividades desportivas e eventos sociais.

Centro de Treinamento[editar | editar código-fonte]

Chamado de Complejo Futbolistico, o Argentinos Juniors possui amplo centro de treinamento [3] , contando com 5 campos de futebol, em um deles uma arquibancada para 400 pessoas, 5 vestiários e alojamento para 24 jogadores.

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Marcelo Duarte. «Templo do Futebol: visita ao museu do Argentinos Juniors» 
  2. «Polideportivo Las Malvinas» (em espanhol) 
  3. «Complejo Futbolistico» (em espanhol). Arquivado do original em 2 de setembro de 2011