Estádio Libertadores de América

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Estádio Libertadores de América
Estadio Libertadores de America 2014.JPG

Nomes
Nome Estadio Libertadores de América
Apelido Doble Visera
Características
Gramado Grama natural
Capacidade 40.000 pessoas (50.000 no futuro)
Construção
Data 1928 a 1938
Inauguração
Outras informações
Remodelado 2009
Demolido 2007
Proprietário Independiente
Administrador Independiente
Mandante Independiente
O estádio em 2006

O Estádio Libertadores de América (antes da reconstrução apelidado Doble Visera) é um estádio localizado em Avellaneda (Grande Buenos Aires), Buenos Aires, Argentina. É a casa do time de futebol Club Atlético Independiente.

Inaugurado em 4 de Março de 1928, foi o 1º estádio da América do Sul a ser construído em cimento.

O estádio começou a ser construído em 1926 numa região pantanosa, levando a crer não ser possível a construção com cimento. Porém, dois anos o início das obras, o estádio é inaugurado num jogo do Independiente contra o Peñarol, do Uruguai. Empate em 2 a 2.

Em 1960 houve uma remodelação, com a construção de um novo lance de Arquibancadas e Tribunas. Em 20 de Agosto de 1961 a reinauguração contra o arqui-rival Racing Club, com vitória dos los rojos por 4 a 0.

O estádio está passando por uma profunda reforma, que incluiu a demolição de quatro lances de arquibancadas. Com as vendas do atacante Sergio Agüero por 23 milhões de euros e do goleiro Oscar Ustari por 8 milhões de euros, o Independiente conseguiu o aporte financeiro necessário para renovar o campo de jogo. A previsão de estréia do novo Libertadores de América é agosto de 2008.

A despedida do estádio aconteceu contra o Gimnasia de Jujuy, no dia 8 de dezembro de 2006. O Independiente ganhou por 2-1 e o atacante Federico Gonzáles marcou o gol de despedida. Quando aconteceu a última partida, o estádio tinha 52.823 lugares.

O novo Libertadores de América[editar | editar código-fonte]

  • Estádio de futebol para 48 mil pessoas sentadas.
  • Dois mega placares digitalizados, com estilo europeu.
  • Restaurante com vista panorâmica para o campo.
  • Museu histórico do clube
  • Concentração profissional
  • Alojamentos para categorias de base
  • Salão de eventos
  • Oficinas administrativas
  • Shopping

Uma vez pronto, será o primeiro estádio argentino a ficar completamente regularizado de acordo com as normas da FIFA. Também será o segundo maior estádio argentino, perdendo em capacidade apenas para o Monumental de Núñez.

Links[editar | editar código-fonte]