Estádio Engenheiro Luthero Lopes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Caldeirão
Engenheiro Luthero Lopes
Vista panorâmica do estádio
Nomes
Nome Estádio Municipal Engenheiro Luthero Lopes
Apelido Caldeirão
Características
Local Rondonópolis, Mato Grosso
Gramado (105 x 68 m)
Capacidade 19.000 pessoas[1]
Construção
Data 1997
Inauguração
Data 22 de março de 2000 (19 anos)
Partida inaugural União Esporte Clube 0 x 4 Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense
Primeiro gol Ronaldinho Gaúcho (Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense)
Recordes
Público recorde 18.850 pessoas[2]
Data recorde 22 de Julho de 2004
Partida com mais público União 0 x 0 Cuiabá
Outras informações
Proprietário Prefeitura Municipal de Rondonópolis
Mandante União Esporte Clube
Rondonópolis Esporte Clube
Sociedade Esportiva Vila Aurora

O Estádio Engenheiro Luthero Lopes, conhecido como Caldeirão, é um estádio de futebol localizado na cidade de Rondonópolis, no estado do Mato Grosso. Tem capacidade para 19.000 pessoas. O primeiro gol do estádio foi do jogador Ronaldinho Gaúcho na vitória do Grêmio por 4x0 sobre o União em jogo válido pela primeira fase da Copa do Brasil de 2000. No dia 22 de julho de 2004 o estádio teve o seu recorde de público, na segunda partida da final do campeonato matogrossense daquele ano. O União empatou em 0x0 com a equipe do Cuiabá com público de 18.850 pagantes. Inaugurado no ano de 2000, o estadio já recebeu grandes equipes do Futebol Brasileiro, como Goiás, Vasco, Santa Cruz, Guarani e Internacional.

No dia 16 de maio de 2015, em mais um evento histórico para o estádio Luthero Lopes Engineer, foi realizado o primeiro evento de Futebol Americano, uma partida entre o time da casa, o novíssimo Rondonópolis Hawks e o já tradicional Cuiabá Arsenal, pela terceira semana do Campeonato Matogrossense, o time da capital venceu o jogo pelo placar de 35-13.

Ícone de esboço Este artigo sobre estádios de futebol do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «CNEF - Cadastro Nacional de Estádios de Futebol» (PDF). CBF/DCO. 15 de setembro de 2009. Consultado em 21 de setembro de 2009. Arquivado do original (PDF) em 14 de outubro de 2009 
  2. «Público récorde, RSSSF Brasil». Arquivado do original em 23 de outubro de 2009