Ettore Ferrari

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Foto de Ettore Ferrari

Ettore Ferrari (Roma, 25 de março de 1848 – Roma, 19 de agosto de 1929) foi um escultor, professor e político italiano.

Nascido em uma família de artistas (seu pai era pintor), Ferrari foi um dos membros do renascimento artístico do estado secular, surgido depois da Reunificação da Itália. Foi por vários anos professor na Academia de São Lucas, deputado no Parlamento da Itália e grão-mestre na Grande Oriente Italiana.[1], a principal loja maçônica da Itália.

Em 1887, criou a estátua de Ovídio para a cidade de Constança, (a cidade antiga de Tomis, onde o poeta latino esteve exilado), esta estátua foi posteriormente duplicada e em 1925 e instalada em Sulmona, cidade natal de Ovídio. Outra obra importante de Ferrari é a estátua de bronze de Giuseppe Garibaldi, de 1892, instalada em Pisa, na praça de mesmo nome.

Ferrari também esculpiu a estátua de Giordano Bruno da praça Campo de Fiori, em Roma.

Obras de Ettore Ferrari[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Artigo sobre Giuseppe Mazzini em Volume III K - P, 10,000 Massons Famosos, WILLIAM R. DENSLOW], 1957, Macoy Publishing & Masonic Supply Co., Inc.
  • SPADOLINI, Giovanni et al., Ettore Ferrari : uno dei XXV della campagna romana : Roma, Palazzo Carpegna, 24 marzo-19 aprile 1986, Roma, La forma della spada, 1986.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.