Eudy Simelane

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Eudy Simelane
Nascimento 11 de março de 1977
Joanesburgo
Morte 28 de abril de 2008 (31 anos)
Joanesburgo
Cidadania África do Sul
Ocupação futebolista, ativista
Movimento estético LGBT

Eudy Simelane (Joanesburgo, 11 de março de 1977 — Joanesburgo, 28 de abril de 2008) foi uma futebolista sul-africana que jogava pela Seleção Feminina de Futebol da África do Sul e uma ativista dos direitos LGBT. Ela foi estuprada e assassinada na cidade de KwaThema, Springs, Gauteng.[1]

Futebol[editar | editar código-fonte]

Simelane jogava como meio-campo pelo Springs Home Sweepers F.C.[2] e para a Seleção feminina de Futebol da Àfrica do Sul. Ela também era treinadora de quatro times e estudava para ser juíza.[3]

O corpo parcialmente vestido foi encontrado em KwaThema. Ela foi estuprada por uma gangue, agredida com violência e esfaqueada 25 vezes no rosto, peito e pernas. Ela foi uma das primeiras pessoas a viver a de forma aberta a sua opção sexual em KwaThema.[1] Um relatório da ONG internacional ActionAid, apoiado pela Comissão de Direitos Humanos da África do Sul, sugeriu que o assassinato foi um crime de ódio (''hate crime) cometido contra ela por causa da orientação sexual.[1]

Segundo a organização local de direitos de homossexuais, "Triangle", as práticas de "estupro corretivo" é amplamente praticada na África do Sul, pelo qual um homem estupra uma lésbica para supostamente curá-la.[1]

O julgamento dos quatro suspeitos começou em 11 de Fevereiro de 2009 em Delmas, Mpumalanga.[4] Um dos acusados foi sentenciado a 32 anos de cadeia.[1] Em setembro de 2009 um outro foi condenado a prisão perpétua mais 35 anos, enquanto os outros dois foram absolvidos.[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e Kelly, Annie (12 de março de 2009). «Raped and killed for being a lesbian: South Africa ignores 'corrective' attacks». The Guardian. Consultado em 14 de março de 2009 
  2. «Tribute To The Late Former Banyana Banyana Player, Eudy Simelane». Tribute. SAFA. 1 de maio de 2008. Consultado em 29 de julho de 2009 
  3. «Joburg Pride Wall of Rememberance». Gay & Lesbian Pride News. GMax.co.za. 3 de outubro de 2008. Consultado em 29 de julho de 2009 
  4. Nath, Dipika (11 de fevereiro de 2009). «Stop the Violence - Live Updates from South Africa». Human Rights Watch. Consultado em 14 de março de 2009 
  5. «Life for killing lesbian activist». SAPA. 23 de setembro de 2009. Consultado em 7 de outubro de 2009