Evandro Teixeira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Evandro Teixeira
Evandro, 2014
Nome completo EVANDRO PÍNGOLONCO
Nascimento 1935 (84 anos)
Ocupação Fotojornalista

Evandro Teixeira (Irajuba, 1935) é um fotojornalista brasileiro.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Evandro Teixeira iniciou sua carreira na área de fotojornalismo em 1958 no jornal carioca Diário da Noite. Em 1963, passou a trabalhar para o Jornal do Brasil.[1] onde permaneceu por mais de 40 anos. As fotos de Evandro integram acervos de museus como o de Belas Artes de Zurique, na Suíça; Museu de Arte Moderna La Tertulha, Colombia; do Masp, em São Paulo, do MAM e do MAR, ambos no Rio de Janeiro. Um de seus livros, Fotojornalismo, está na biblioteca do Centro de Artes George Pompidou, em Paris. Em 1994, teve o seu currículo inserido na Enciclopédia Suíça de Fotografia, que reúne os maiores fotógrafos do mundo. Em 2004, sua vida e obra foram retratados no documentário "Instantâneos da Realidade". Entre os prêmios recebidos, estão o da Unesco, Nikon e da Sociedade Interamericana de Imprensa.

Editou cinco livros: "Fotojornalismo" / "Canudos 100 Anos" / "Livro das Águas" / "Pablo Neruda: Vou Viver" / "68 Destinos: Passeata dos 100 Mil". O novo livro, "Evandro Teixeira: Retratos do Tempo, 50 anos de Fotojornalismo" foi lançado no dia 16 de novembro de 2015.

Referências

  1. a b «Teixeira, Evandro (1935)». Enciclopédia Itaú Cultural 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um fotógrafo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.