Faculdade de Letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
FL
Faculdade de Letras
Logo FL - UFRJ.jpg
Universidade Minerva UFRJ.jpg Universidade Federal do Rio de Janeiro
Fundação 8 de janeiro de 1968 (53 anos)
Tipo de instituição Unidade acadêmica
Localização Rio de Janeiro, RJ Brasil
Campus Cidade Universitária
Site letras.ufrj.br

A Faculdade de Letras (FL) é uma unidade de ensino, pesquisa e de atividades de extensão da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Foi criada em 8 de janeiro de 1968, a partir do Departamento de Letras da antiga Faculdade Nacional de Filosofia. Unidade do Centro de Letras e Artes, situa-se no campus da ilha do Fundão. Com cerca de 4.000 alunos, figura entre as melhores Faculdade de Letras no país.

A Faculdade de Letras organiza-se em oito Departamentos, a saber:


Histórico[editar | editar código-fonte]

Com o Decreto 60.455-A, de 13 de março de 1967, reestruturava-se a UFRJ, marcando-se o fim da Faculdade Nacional de Filosofia, que se desmembrava em 10 unidades, uma delas a Faculdade de Letras . Ficava para trás o antigo endereço da Avenida Presidente Antônio Carlos, nº 40, e a nova unidade iria ocupar o imóvel, já demolido, onde funcionou o Pavilhão de Portugal na exposição montada pelo governo português para as comemorações do IV Centenário do Rio de Janeiro, na Avenida Chile, nº 330 --- comprado pela UFRJ  com o auxílio do Coronel Meira Mattos junto ao Ministro da Fazenda (Relatório da Comissão Meira Mattos, 1.7.2) .

Desde 1985 localiza-se na Av. Horácio de Macedo, 2151, na Cidade Universitária, Rio de Janeiro.[1]

A graduação[editar | editar código-fonte]

Os Departamentos são responsáveis pela oferta de 26 cursos de graduação, de licenciatura e de bacharelado:

  1. Português-Árabe;
  2. Português-Alemão
  3. Português-Espanhol;
  4. Português-Francês;
  5. Português-Grego;
  6. Português-Hebraico;
  7. Português-Inglês;
  8. Português-Japonês;
  9. Português-Latim;
  10. Português-Italiano;
  11. Português-Literaturas;
  12. Português-Russo;
  13. Letras-LIBRAS (LIBRAS ou 'Língua Brasileira de Sinais').

A pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado)[editar | editar código-fonte]

A pós-graduação stricto sensu compreende seis programas, recomendados pela CAPES/Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior e reconhecidos pelo CNE/MEC. Esse programas contam com mestrado e doutorado acadêmicos. São indicado a seguir, acompanhados do resultado da avaliação de 2017:


A Faculdade de Letras é ainda uma das 42 universidades públicas das cinco regiões brasileiras participantes do ProfLetras/ Mestrado Profissional em Letras (nota 4), curso presencial oferecido em rede nacional no âmbito do Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB) e coordenado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). O ProfLetras tem como público alvo professores de Língua Portuguesa em atividade no Ensino Fundamental

A pós-graduação lato sensu (especialização)[editar | editar código-fonte]

A Faculdade de Letras oferece ainda os seguintes cursos de Especialização:

  • Estudos Japoneses;
  • Língua Árabe;
  • Literaturas Portuguesa e Africanas;
  • LIBRAS: Ensino, Tradução e Interpretação


Laboratórios e núcleos de pesquisa[editar | editar código-fonte]

Ligados à pós-graduação estão os seguintes laboratórios e núcleos de pesquisa:

  1. PEUL - Programa de Estudos sobre o Uso da Língua;
  2. NURC-RJ Projeto da Norma Urbana Oral Culta do Rio de Janeiro;
  3. ALIB - Atlas Linguístico do Brasil - Rio de Janeiro;
  4. VARPORT - Análise Contrastiva de Variedades do Português;
  5. PEAD - Português a distância;
  6. LATEC - Laboratório de Tecnologias da Informação e Comunicação ;
  7. NEMP - Núclelo de Estudos  Morfossemânticos do Português;
  8. PHPB - Para uma História do Português do Brasil;
  9. LaborHistórico - Laboratório de História da Língua;
  10. LabHisLing - Laboratório de Historiografia da Linguística;
  11. PROAERA - Programa de Estudos em Representações da Antiguidade ;
  12. LIEDH - Linguagem e Discursos da História;
  13. NIELIM - Núcleo Interdisciplinar de Estudos das Literaturas do Medievo;
  14. LINC - Laboratório de Linguística Cognitiva;
  15. D&G - Discurso e Gramática;
  16. Laboratório de Fonética Acústica;
  17. ACESIN - Laboratório de Acesso Sintático;
  18. LAPEX - Laboratório de Psicolinguística Experimental;
  19. LER - Laboratório de Eletrofisiologia e Rastreamento Ocular da Linguagem ;
  20. SEPE-Lab Laboratório de Semântica e Pragmática Formais e Experimentais (privado);
  21. LED - Laboratório de Eletrofisiologia das Disfunções de Linguagem;
  22. LabCoLin - Laboratório de Cognição e Linguagem;
  23. CIAD-Rio Círculo Interdisciplinar de Análise do  Discurso
  24. GET - Grupo de Estudos da Tradução;
  25. LEFE - Línguas Estrangeiras para Fins Específicos;
  26. SALINGUAS;
  27. ORALLE - Produção e Compreensão Oral em Língua Estrangeira
  28. LingNet - Projeto Interação e Discurso em   Contextos Digitais e Multimidiáticos;
  29. LabRHum - Laboratório de Estudos do Renascimento Humanístico;
  30. PRISMA - Projeto Interdisciplinar  Sentido, Mito e Arte;
  31. CJS - Cátedra Jorge de Sena;
  32. NIELM - Núcleo Interdisciplinar de Estudos sobre a Mulher na Literatura;
  33. Processos Urbanos;
  34. NIEP - Núcleo Interdisciplinar de Estudos da Poética;
  35. REDES - Estudos Transculturais e Empíricos do Discurso;
  36. Laboratório Idiomas sem Fronteiras;
  37. LAPEEL -  Laboratório de Pesquisa, Ensino e Extensão da LIBRAS

Periódicos[editar | editar código-fonte]

A Faculdade de Letras é responsável pelos seguintes periódicos científicos, todos de acesso aberto, hospedados no Portal de Periódicos da UFRJ (https://revistas.ufrj.br/).

  1. Alea: Estudos Neolatinos
  2. Cadernos Neolatinos;
  3. CALÍOPE: Presença Clássica;
  4. CODEX -- Revista de Estudos Clássicos;
  5. Diadorim: revista de estudos linguísticos e literários;
  6. Fórum de Literatura Brasileira Contemporânea;
  7. LaborHistórico;
  8. Línguas & Ensino;
  9. Revista Linguística;
  10. Metamorfoses - Revista de Estudos Literários Luso-Afro-Brasileiros;
  11. Revista Mulemba;
  12. Terceira Margem


Páginas e blogues de disciplinas e de divulgação de informações relativas aos cursos[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]