França 4 x 1 Kuwait (Copa do Mundo de 1982)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
França 4 x 1 Kuwait
Estadio José Zorrilla desde Preferencia A.jpg
Evento Copa de 1982 (Primeira Fase)
Data 21 de junho de 1982
Local Estádio José Zorrilla, Valladolid, Espanha
Árbitro União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Myroslav Stupar
Público 30.043

A partida entre as seleções de França e Kuwait foi disputada no dia 21 de junho de 1982, no Estádio José Zorrilla, em Valladolid, na Espanha, e valeu pela primeira fase do grupo 4 da Copa de 1982.

Este jogo foi marcado pela invasão do sheik Fahad Al-Sabah, irmão do emir do Kuwait e presidente do Comitê Olímpico de seu país, que reclamou de um impedimento no gol de Alain Giresse, que seria o quarto dos Bleus, ao árbitro soviético Myroslav Stupar.[1]

Cenário Pré-Jogo[editar | editar código-fonte]

Depois da derrota por 3 a 1 contra a Inglaterra, os franceses encararam o Kuwait, estreante em Copas e treinado pelo brasileiro Carlos Alberto Parreira, que viria a conquistar o tetracampeonato com a Seleção Brasileira em 1994. Em seu primeiro jogo na competição, o selecionado do Oriente Médio empatou com a Tchecoslováquia por 1 a 1 - Antonín Panenka, de pênalti, abriu o placar, enquanto Faisal Al-Dakhil empatou.

A partida[editar | editar código-fonte]

Aos 30 minutos do primeiro tempo, a França saiu na frente com um gol de falta de Bernard Genghini, no angulo de Ahmed Al-Tarabilsi. Michel Platini e Didier Six ampliaram a vantagem dos gauleses, aos 43 e 48 minutos do primeiro tempo, respectivamente.

No segundo tempo, o lance que entrou para o folclore das Copas: aos 32 minutos, Alain Giresse fez o quarto gol, e em seguida os jogadores do Kuwait cercaram o árbitro soviético Myroslav Stupar, reclamando de uma irregularidade na jogada ao ouvirem um apito na arquibancada. Nos camarotes do estádio José Zorrilla, o sheik Fahad Al-Sabah faz gestos para os atletas, pedindo para que deixassem o gramado. Pouco depois, vaj em direção a Stupar, pressionando-o a invalidar o gol. Depois que o sheik volta ao seu lugar nos camarotes, o árbitro anula o gol, deixando o técnico francês, Michel Hidalgo, irritado. Jogadores das 2 equipes chegaram a iniciar uma briga, rapidamente controlada.

Abdullah Al-Buloushi descontou para o Kuwait, aproveitando uma cobrança de falta ensaiada aos 35 minutos, e Maxime Bossis, aos 44, fez o quarto gol - este, no entanto, válido.

Detalhes[editar | editar código-fonte]

21 de junho de 1982 França França 4–1 Kuwait Kuwait Estádio José Zorrilla, Valladolid
17:15 CEST
Genghini Gol marcado aos 31 minutos de jogo 31'
Platini Gol marcado aos 43 minutos de jogo 43'
Six Gol marcado aos 48 minutos de jogo 48'
Bossis Gol marcado aos 89 minutos de jogo 89'
Relatório Al-Buloushi Gol marcado aos 75 minutos de jogo 75' Público: 30.043
Árbitro: União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Myroslav Stupar
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
França
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Kuwait
GK 22 Ettori
DF 2 Amoros Penalizado com cartão amarelo após 68 minutos 68'
DF 8 Trésor
DF 5 Janvion Substituído após 59 minutos de jogo 59'
DF 4 Bossis
MF 9 Genghini
MF 10 Platini Capitão Substituído após 81 minutos de jogo 81'
MF 12 Giresse
FW 20 Soler
FW 17 Lacombe
FW 19 Six
Substitutos:
DF 6 Lopez Entrou em campo após 59 minutos 59'
MF 11 Girard Entrou em campo após 81 minutos 81'
MF 15 Bellone
FW 16 Couriol
GK 21 Castaneda
Técnico:
França Michel Hidalgo
GK 1 Al-Tarabilsi
DF 2 Saad
DF 14 Mayouf
DF 3 Juma'a
DF 5 Al-Jasem Substituído após 78 minutos de jogo 78'
MF 6 Al-Houti Capitão
MF 8 Al-Buloushi
MF 18 Karam Substituído após 46 minutos de jogo 46'
FW 10 Al-Anberi Penalizado com cartão amarelo após 30 minutos 30'
FW 9 Yacob
FW 16 Al-Dakhil
Substitutos:
DF 4 Al-Qabendi
FW 7 Kamel Penalizado com cartão amarelo após 85 minutos 85' Entrou em campo após 46 minutos 46'
MF 12 Al-Suwayed
DF 17 Al-Shemmari Entrou em campo após 78 minutos 78'
GK 21 Marjam
Técnico:
Brasil Carlos Alberto Parreira

Notas[editar | editar código-fonte]

Com a decisão de Stupar em invalidar o gol de Giresse, a FIFA suspendeu o árbitro da Copa de 1982 no dia seguinte ao jogo e multou Fahad Al-Sabah pela invasão de campo. Ele chegou a dizer que a FIFA estava dominada pela Máfia.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.