Fredie Didier

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Fredie Souza Didier Júnior)
Ir para: navegação, pesquisa
Fredie Didier Jr.
Nascimento 13 de setembro de 1974 (42 anos)
Salvador, BA
Alma mater Universidade Federal da Bahia
Ocupação Advogado, professor

Fredie Souza Didier Júnior (Salvador, 13 de setembro de 1974) é um advogado e professor brasileiro. Docente da Universidade Federal da Bahia (UFBA),[1] é conhecido por sua obra voltada ao direito processual civil.

Foi membro da comissão da Câmara dos Deputados que revisou o projeto do Novo Código de Processo Civil.[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Fredie Didier graduou-se bacharel em direito pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 1998, mestre em direito em 2002, também pela UFBA, com a dissertação Admissibilidade do recurso de terceiro no processo civil brasileiro, orientado pela Profa. Dra. Geisa de Assis Rodrigues, e doutor em direito em 2005 pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP) com a tese Juízo de admissibilidade do processo: os pressupostos processuais e as condições da ação, sendo orientado pela Profa. Dra. Teresa Arruda Alvim Wambier. Realizou pós-doutorado em 2008-2009, pela Universidade de Lisboa, sob supervisão da Profa. Dra. Ana Paula Costa e Silva. Recebeu o título de livre-docente da Universidade de São Paulo (USP), em 2012.[3]

Em 1998, foi assessor do procurador-chefe da Procuradoria da República na Bahia.[3]

Desde 1999 é sócio do escritório Didier, Sodré e Rosa Advocacia e Consultoria, com atuação em diversos estados do Brasil. Foi conselheiro da seção baiana da Ordem dos Advogados do Brasil em 2012 e é conselheiro do Conselho Federal da OAB desde 2013.[3]

Inicialmente lecionou como professor temporário do curso de direito da Universidade Federal da Bahia de 1998 a 2000. Em 2004, ingressou ali como professor efetivo. É também professor titular e coordenador da Faculdade Baiana de Direito desde 2007.[3]

É autor, coautor e organizador de mais de trinta livros sobre diversos temas, principalmente Direito Processual Civil. Sua obra mais famosa é o Curso de direito processual civil, editada em 5 volumes pela editora Juspodivm.

Pioneiro do Ensino Jurídico Telepresencial, é um dos primeiros professores do Curso LFG e um dos fundadores da Juspodivm.

Também foi um dos processualistas revisores do Projeto do Novo Código de Processo Civil.

Obras[editar | editar código-fonte]

lista parcial

  • O Controle Jurisdicional da Legitimação Coletiva e as Ações Coletivas Passivas. In: Processo Civil Coletivo (Rodrigo Mazzei e Rita Dias Nolasco – coords). São Paulo: Quartier Latins, 2005.
  • Curso de direito processual civil, vol. 1. 18ª ed. Salvador: Juspodivm, 2016.
  • Curso de direito processual civil, vol. 2. 11ª ed. Salvador: Juspodivm, 2016 (coautores: Paula Sarno Braga e Rafael Alexandria de Oliveira).
  • Curso de direito processual civil, vol. 3. 13ª ed. Salvador: Juspodivm, 2016 (coautor: Leonardo Carneiro da Cunha).
  • Curso de direito processual civil, vol. 4. 10ª ed. Salvador: Juspodivm, 2016 (coautor: Hermes Zaneti Júnior).
  • Curso de direito processual civil, vol. 5. 6ª ed. Salvador: Juspodivm, 2014. (coautores: Paula Sarno Braga, Rafael Alexandria de Oliveira e Leonardo Carneiro da Cunha).

Referências

  1. «Corpo Docente». Universidade Federal da Bahia. s/d. Consultado em 11 de junho de 2015. 
  2. «“O novo CPC não é uma revisão do Código de 1973. É muito diferente”». Consultor Jurídico. 2 de julho de 2014. Consultado em 11 de junho de 2015. 
  3. a b c d Currículo Lattes

Ligações externas[editar | editar código-fonte]