Fundo Correio da Manhã

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Correio da Manhã
Tipo
Concepção
Data
Fabricação
Autor
Retenção
Conservador
Número de inventário
BR RJANRIO PHVisualizar e editar dados no Wikidata
Localização

O Fundo Correio da Manhã é um fundo do Arquivo Nacional, que reúne itens do Correio da Manhã. Reúne entre outros objetos 1.014.120 fotografias e 103 metros de documentos textuais, de 1901 a 1974, respectivamente as datas de fundação e dissolução do jornal.[1][2] O fundo foi doado ao Arquivo Nacional em 1982 por Fernando Gasparian, após este o arrematar em um leilão em 1975.[3][4] Em relação ao Correio da Manhã, foi dito que: "Durante grande parte de sua existência, foi um dos principais órgãos da imprensa brasileira, destacando-se como um jornal independente, de tradição legalista e oposicionista em diversos momentos da vida política do país".[3]

Referências

  1. «O Correio da Manhã». brasilrepublicano.an.gov.br. Consultado em 15 de dezembro de 2018 
  2. «Arquivo Nacional - Arquivo Nacional». www.arquivonacional.gov.br. Consultado em 15 de dezembro de 2018 
  3. a b «Correio da Manhã - Guía de Archivos y Fondos Documentales». atom.ippdh.mercosur.int. Consultado em 15 de dezembro de 2018 
  4. «Folha de S.Paulo - Carlos Heitor Cony: Jornais de ontem e de hoje - 21/09/2007». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 15 de dezembro de 2018 
Ícone de esboço Este artigo sobre meios de comunicação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.