Georg Braun

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo jogador de futebol austríaco, veja Georg Braun (futebolista).
Georg Braun
Nascimento 1542, 1541
Colónia
Morte 10 de março de 1622
Colónia
Cidadania Alemanha
Ocupação cartógrafo, geógrafo
Vista de Constantinopla

Georg Braun (1541, Colónia - 10 de Março de 1622, Colónia), também conhecido por Brunus ou Bruin, foi um cartógrafo e geógrafo.[1] Entre 1572 e 1617 foi responsável pela edição da obra Civitates orbis terrarum, contendo 546 ilustrações, perspectivas e mapas de cidades de todo o mundo.[2] Foi um clérigo Católico, tendo servido durante trinta e sete anos como cónego e diácono na igreja de St. Maria ad Gradus em Colónia.

A publicação de Braun definiu novos padrões na cartografia por mais de 100 anos. A obra em seis volumes foi inspirada na Cosmographia de Sebastian Münster. A composição gráfica é semelhante ao Theatrum Orbis Terrarum de Abraham Ortelius, já que Ortelius manifestou interesse numa obra complementar ao Theatrum. Frans Hogenberg (1535-1590) criou os quadros para os volumes I a IV, e Simon van den Neuwel para os volumes V e VI. Outros contribuintes foram Georg Hoefnagel, o cartógrafo Daniel Freese e Heinrich Rantzau. Foram também usados alguns trabalhos de Jacob van Deventer, Sebastian Münster e Johannes Stumpf.

São representadas sobretudo as cidades Europeias na publicação. Contudo, no I volume são incluídas as cidades de Casablanca[3] e da Cidade do México.[4]

Braun foi o principal editor da obra. Adquiriu os quadros, contratou os artistas e escreveu os textos. Morreu, já octogenário, em 1622 tendo sido o único sobrevivente da equipa original a assistir à publicação do VI volume em 1617.

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Braun e Hogenberg