Grande Prêmio do Japão de 2000

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Grande Prêmio do Japão
de Fórmula 1 de 2000
Suzuka circuit map (1987-2002).svg
14º Grande Prêmio do Japão em Suzuka
Detalhes da corrida
Categoria Fórmula 1
Data 8 de outubro de 2000
Nome oficial XXVI Fuji Television Japanese Grand Prix
Local Circuito de Suzuka, Suzuka, Prefeitura de Mie, Japão
Total 53 voltas / 310.527 km
Condições do tempo Seco, depois molhado
Pole
Piloto
Alemanha Michael Schumacher Ferrari
Tempo 1:35.825
Volta mais rápida
Piloto
Finlândia Mika Häkkinen McLaren-Mercedes
Tempo 1:39.189 (na volta 26)
Pódio
Primeiro
Alemanha Michael Schumacher Ferrari
Segundo
Finlândia Mika Häkkinen McLaren-Mercedes
Terceiro
Reino Unido David Coulthard McLaren-Mercedes

Resultados do Grande Prêmio do Japão de Fórmula 1 realizado em Suzuka em 8 de outubro de 2000. Décima sexta etapa da temporada, nele Michael Schumacher venceu a corrida e subiu ao pódio ladeado por Mika Häkkinen e David Coulthard, da McLaren-Mercedes.[1] Graças a este resultado o alemão assegurou o tricampeonato mundial de pilotos na penúltima corrida do ano, encerrando um jejum de 21 anos sem que a Ferrari conquistasse títulos, marca vigente desde Jody Scheckter no Grande Prêmio da Itália de 1979.[2][3][4][5][nota 1]

Resumo[editar | editar código-fonte]

  • O último pit stop de Michael Schumacher foi de seis segundos permitindo-lhe ficar à frente de Häkkinen e conquistar o campeonato.
  • Foi o décimo mundial de pilotos decidido no GP do Japão, o nono em Suzuka.

Classificação[editar | editar código-fonte]

Treinos[editar | editar código-fonte]

Pos. Piloto Equipe Volta Diferença
1 3 Alemanha Michael Schumacher Ferrari 1:35.825
2 1 Finlândia Mika Häkkinen McLaren-Mercedes 1:35.834 + 0.009
3 2 Reino Unido David Coulthard McLaren-Mercedes 1:36.236 + 0.411
4 4 Brasil Rubens Barrichello Ferrari 1:36.330 + 0.505
5 10 Reino Unido Jenson Button Williams-BMW 1:36.628 + 0.803
6 9 Alemanha Ralf Schumacher Williams-BMW 1:36.788 + 0.963
7 7 Reino Unido Eddie Irvine Jaguar-Cosworth 1:36.899 + 1.074
8 5 Alemanha Heinz-Harald Frentzen Jordan-Mugen/Honda 1:37.243 + 1.418
9 22 Canadá Jacques Villeneuve BAR-Honda 1:37.267 + 1.442
10 8 Reino Unido Johnny Herbert Jaguar-Cosworth 1:37.329 + 1.504
11 12 Áustria Alexander Wurz Benetton-Playlife 1:37.348 + 1.523
12 11 Itália Giancarlo Fisichella Benetton-Playlife 1:37.479 + 1.654
13 18 Espanha Pedro de La Rosa Arrows-Supertec 1:37.652 + 1.827
14 19 Países Baixos Jos Verstappen Arrows-Supertec 1:37.674 + 1.849
15 6 Itália Jarno Trulli Jordan-Mugen/Honda 1:37.679 + 1.854
16 15 Alemanha Nick Heidfeld Prost-Peugeot 1:38.141 + 2.316
17 14 França Jean Alesi Prost-Peugeot 1:38.209 + 2.384
18 23 Brasil Ricardo Zonta BAR-Honda 1:38.269 + 2.444
19 17 Finlândia Mika Salo Sauber-Petronas 1:38.490 + 2.665
20 16 Brasil Pedro Paulo Diniz Sauber-Petronas 1:38.576 + 2.751
21 20 Espanha Marc Gené Minardi-Fondmetal 1:39.972 + 4.147
22 21 Argentina Gastón Mazzacane Minardi-Fondmetal 1:40.462 + 4.637
Limite dos 107%: 1:42.533
Fonte: [1]

Corrida[editar | editar código-fonte]

Pos. Piloto Construtor Voltas Tempo/Diferença Grid Pontos
1 3 Alemanha Michael Schumacher Ferrari 53 1:29:53.435 1 10
2 1 Finlândia Mika Häkkinen McLaren-Mercedes 53 + 1.837 2 6
3 2 Reino Unido David Coulthard McLaren-Mercedes 53 + 1:09.914 3 4
4 4 Brasil Rubens Barrichello Ferrari 53 + 1:19.191 4 3
5 10 Reino Unido Jenson Button Williams-BMW 53 + 1:25.694 5 2
6 22 Canadá Jacques Villeneuve BAR-Honda 52 + 1 volta 9 1
7 8 Reino Unido Johnny Herbert Jaguar-Cosworth 52 + 1 volta 10
8 7 Reino Unido Eddie Irvine Jaguar-Cosworth 52 + 1 volta 7
9 23 Brasil Ricardo Zonta BAR-Honda 52 + 1 volta 18
10 17 Finlândia Mika Salo Sauber-Petronas 52 + 1 volta 19
11 16 Brasil Pedro Paulo Diniz Sauber-Petronas 52 + 1 volta 20
12 18 Espanha Pedro de La Rosa Arrows-Supertec 52 + 1 volta 13
13 6 Itália Jarno Trulli Jordan-Mugen/Honda 52 + 1 volta 15
14 11 Itália Giancarlo Fisichella Benetton-Playlife 52 + 1 volta 12
15 21 Argentina Gastón Mazzacane Minardi-Fondmetal 51 + 2 voltas 22
Ret 20 Espanha Marc Gené Minardi-Fondmetal 46 Motor 21
Ret 9 Alemanha Ralf Schumacher Williams-BMW 41 Spun off 6
Ret 15 Alemanha Nick Heidfeld Prost-Peugeot 41 Suspensão 16
Ret 12 Áustria Alexander Wurz Benetton-Playlife 37 Spun off 11
Ret 5 Alemanha Heinz-Harald Frentzen Jordan-Mugen/Honda 29 Pane hidráulica 8
Ret 14 França Jean Alesi Prost-Peugeot 19 Motor 17
Ret 19 Países Baixos Jos Verstappen Arrows-Supertec 9 Pane elétrica 14
Fonte: [1]

Tabela do campeonato após a corrida[editar | editar código-fonte]

  • Nota: Somente as primeiras cinco posições estão listadas e o campeão mundial de pilotos surge grafado em negrito.

Notas

  1. Voltas na liderança: Mika Häkkinen 33 voltas (1-21; 25-36), Michael Schumacher 19 voltas (22-23; 37-53), David Coulthard 1 volta (24).

Referências

  1. a b c «2000 Japanese Grand Prix - race result». Consultado em 4 de agosto de 2019 
  2. «Há 15 anos, Schumi ganhava 1º título com Ferrari e se tornava tricampeão». globoesporte.com. Globo Esporte. 8 de outubro de 2015. Consultado em 4 de agosto de 2019 
  3. Fred Sabino (9 de setembro de 2019). «Jody Scheckter faturou seu único título na Fórmula 1 há 40 anos ao liderar dobradinha da Ferrari». globoesporte.com. Globo Esporte. Consultado em 9 de setembro de 2019 
  4. SEIXAS, Fábio. Finalmente Ferrari (online). Folha de S.Paulo, São Paulo (SP), 09/10/2000. Folha Esporte, Capa. Página visitada em 4 de agosto de 2019.
  5. TEIXEIRA, Álvaro. Scheckter ganha na Itália e já é campeão mundial (online). Jornal do Brasil, Rio de Janeiro (RJ), 10/09/1979. Primeiro caderno, Amador, p. 02. Página visitada em 4 de agosto de 2019.
Precedido por
Grande Prêmio dos Estados Unidos de 2000
Campeonato mundial de Fórmula 1 da FIA
Ano de 2000
Sucedido por
Grande Prêmio da Malásia de 2000
Precedido por
Grande Prêmio do Japão de 1999
Grande Prêmio do Japão
26ª edição
Sucedido por
Grande Prêmio do Japão de 2001