Hilda Koller

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hilda Koller
Nascimento 7 de fevereiro de 1938
Castro, Paraná, Brasil
Morte 9 de julho de 2012 (74 anos)
Castro, Paraná, Brasil
Nacionalidade Brasil brasileira
Ocupação escritora
Escola/tradição Trovadorismo

Hilda Koller (Castro, 7 de fevereiro de 1938 - Castro, 9 de julho de 2012) foi uma escritora brasileira.[1][1]

Hilda ingressou no curso de Direito na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), mas percebeu que sua vocação era, mesmo, a literatura.[1] Trabalhou como secretária na ACARPA – hoje EMATER, e para a Previdência Social por 15 anos, onde por 10 exerceu a Chefia da Região Sul do Paraná.

Publicou diversas obras, como No Jardim da Alma (1966), Pétalas Intelectuais (1967), Suspiros Poéticos (1969), Diários de um Gato (1980), Castro Século XX (2000), entre outros. Escreveu também a letra do Hino Municipal de Castro, Instituído pela Lei Municipal nº 1147/2002.[1]

Hilda figura em duas antologias internacionais, editadas nos Estados Unidos pela Internacional Writers Association (IWA). Possui 50 diplomas de academias literárias, sendo 22 de academias internacionais da América Latina, Estados Unidos e Europa. Seu nome está presente na Enciclopédia da Literatura Brasileira, de Afrânio Coutinho, 1999.

Foi membra da Academia de Letras dos Campos Gerais, onde ocupou a cadeira 40.

Referências

  1. a b c d Câmara Municipal de Castro - Homenagens Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes