Igreja de Santa Maria Madalena (Braga)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Igreja de Santa Maria Madalena.

A Igreja de Santa Maria Madalena, também conhecida como Igreja da Falperra, é uma igreja que foi construída com o propósito de santuário. Situada na serra da Falperra, nos arredores da cidade de Braga, Portugal. A igreja situa-se na fronteira entre a freguesia de Nogueira e de Santa Cristina de Longos, esta já pertencente ao concelho de Guimarães.

A igreja foi construída no século XVIII, com projecto do arquitecto André Soares, por iniciativa do arcebispo D. Rodrigo de Moura Telles.

É um exemplar da arquitectura religiosa Barroca.

O interior está revestido de azulejos do século XVIII do ceramista Policarpo de Oliveira Fernandes.

Em abril de 2016, a Direcção Geral do Património Cultural publicou o projecto de decisão relativo à classificação do Santuário de Santa Maria Madalena da Falperra como Monumento Nacional[1].

O acesso tradicional dos romeiros ao recinto da igreja é feito pelas laterais, através de uma longa alameda pedonal em declive (Avenida da Madalena) que põe em relação com o templo várias outras construções religiosas. Do lado NE, o ponto de partida é constituído pelo cruzeiro e também uma pequena capela-oratório; a SO, a alameda inicia-se no terreiro defronte da capela de Santo António e do antigo convento do Varatojo (hoje uma unidade hoteleira), abrindo também em sentido oposto até à capela de Santa Marta do Leão (assim denominada por causa da Fonte do Leão erigida na vizinhança). Nos patamares superiores do monte (sentido SSO), localiza-se a capela de Santa Marta das Cortiças e a homónima Estação arqueológica.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Igreja de Santa Maria Madalena (Braga)

Referências