Incêndio da Catedral de Notre-Dame de Paris

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção é sobre um desastre recente ou atualmente em curso. A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (data da marcação: 15 de abril de 2019; editado pela última vez em 30 de abril de 2019) FireIcon.svg
Incêndio da Catedral de Notre-Dame de Paris
Notre-Dame durante o Incêndio.
Hora 18h50 (hora local) UTC+2
Duração Cerca de 15 horas[1]
Data 15 de abril de 2019
Local Catedral de Notre-Dame de Paris, Paris, França
França
Causa Alegada queda de andaime[2]
Mortes 0[3]
Lesões não fatais 3; um bombeiro e dois policiais[4][3]

O incêndio da Catedral de Notre-Dame de Paris foi um incêndio violento que se deflagrou na Catedral de Notre-Dame de Paris em 15 de abril de 2019. Teve início ao fim da tarde no telhado do edifício, e causou danos consideráveis.[3][5] A agulha da catedral e o telhado colapsaram, e o interior e alguns dos artefactos que albergava foram gravemente danificados.[6][7]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Os andaimes dos trabalhos de restauro que estavam em curso podem ser vistos em torno dos restos da agulha da catedral.

A catedral de Notre-Dame de Paris data do século XII, compondo-se de uma mistura de cantaria nas estruturas de suporte, e madeira nos telhados principais e na sua agulha icónica. Em 2018, um apelo emergencial declarou que a catedral necessitava de manutenção e restauro.[8] Quando foram levantadas as preocupações sobre o estado da catedral, o arquitecto director dos monumentos históricos franceses, Philippe Villeneuve, declarou a 27 de Julho de 2017 que "a maior culpada é a poluição".[9]

Quando o incêndio ocorreu, o edifício estava com obras de renovação. Tinham sido colocados andaimes em torno dos telhados, e várias estátuas de pedra e bronze tinham sido removidas do local, em preparação para as obras de restauro.[10] Pelo menos dezasseis estátuas de bronze e outras obras de arte foram retiradas do edifício durante as obras de restauro, sendo assim poupadas ao incêndio.[11][10]

Incêndio[editar | editar código-fonte]

Vista lateral do incêndio

As causas do incêndio ainda não estão determinadas, presumindo-se que o fogo possa estar relacionado com as obras de restauro em curso no edifício.[12]

Estima-se que o fogo tenha deflagrado às 18:50, hora de Paris,[13] no sótão da catedral,[14] perto da hora em que o edifício fechava aos turistas. Uma missa estava programada para essa hora, entre as 18:15 e as 19:00.[15] De acordo com quem se encontrava no local, as portas da catedral foram abruptamente fechadas à sua saída, e fumo branco começou a sair dos telhados.

O fumo branco tornou-se negro, indicando que um fogo de grandes dimensões estava ocorrendo no interior da catedral.[16] A polícia e outros serviços de emergência rapidamente evacuaram a Île de la Cité, onde se situa a catedral, e fecharam os acessos da cidade à ilha.[16][17][12] Numerosas pessoas juntaram-se em ambas as margens do rio Sena e em edifícios próximos para assistir ao evento.[16]

Quatrocentos bombeiros foram mobilizados para o combate às chamas.[18] Segundo os bombeiros, o combate às chamas por meios aéreos não era possível, pois poderia causar o colapso integral da estrutura do edifício.[16][19] As equipas de emergência fizeram o possível por salvar a arte e artefactos religiosos guardados na catedral, enquanto tinha lugar o combate às chamas.[20]

Vídeo do colapso da agulha central

As chamas engoliram a parte superior do edifício, incluindo as duas torres sineiras e a agulha central.[21] Às 21:30 o incêndio ainda não havia sido controlado pelos bombeiros.[11]

A altura do edifício não deixou que escadas e mangueiras conseguissem chegar às chamas, impedindo um combate ao fogo eficaz.[22] Dois bombeiros conseguiram subir ao segundo andar de uma das torres levando consigo mangueiras, numa tentativa de conter o incêndio, não conseguindo evitar o colapso total do telhado da nave da catedral, pouco depois das 20h00 locais. A agulha central colapsou pouco depois, às 20:13.[23]

Segundo o porta-voz da catedral, André Finot, todo o madeirame ardeu. Durante o incêndio declarou: "Tudo está em vias de arder: a obra de carpintaria, que data do século XIX de um lado, e do século XIII do outro, não ficará nada. (...) Está por saber se a abóbada, que protege a catedral, será afectada ou não."[12][19] O porta-voz declarou que toda a estrutura de madeira provavelmente ruirá, e que a abóbada do edifício pode estar também ameaçada.[24] Pouco depois das 20:00, foi confirmada a inexistência de vítimas por responsáveis do ministério do Interior francês.[22]

Segundo o monsenhor Patrick Chauvet, reitor da catedral, a coroa de espinhos e a túnica de São Luís, dois dos artefactos mais valiosos lá albergados, foram salvos das chamas.[25]

Pouco antes das 23:00, o secretário de Estado do ministério do interior, Laurent Nuñez, e o general Jean-Claude Gallet, fizeram um ponto de situação, afirmando que o fogo havia baixado de intensidade, que o incêndio já estava em fase de rescaldo, e que a estrutura da catedral de Notre-Dame se havia "salvado e preservado na sua globalidade". No entanto, há um considerável desgaste da estrutura, e os dois níveis de tecto foram destruídos.[19] 

Progressão[editar | editar código-fonte]

Consequências[editar | editar código-fonte]

Reações[editar | editar código-fonte]

Catedral antes e depois do incêndio

O presidente francês Emmanuel Macron adiou uma comunicação televisiva sobre medidas planeadas em resposta ao movimento dos coletes amarelos, programada para segunda-feira, após o início do incêndio na catedral de Notre-Dame de Paris.[26]

A presidente da câmara de Paris, Anne Hidalgo, descreveu o incêndio como um "fogo terrível", pedindo aos cidadãos que respeitassem as medidas de segurança.[27][12] Milionários e empresas francesas ofereceram ajuda financeira para a reconstrução do local, após pedido do presidente Emmanuel Macron. Até 16 de abril de 2019, as doações passavam de 590 milhões de euros.[28]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Notre-Dame fire: Millions pledged to rebuild cathedral». BBC. 16 de abril de 2019. Consultado em 16 de abril de 2019 
  2. «Incêndio de Notre-Dame extinto após 15 horas. Por que razão foi tão difícil combater as chamas?». TSF. Consultado em 16 de abril de 2019 
  3. a b c El-Bawab, Nadine (15 de abril de 2019). «Paris' Notre Dame 'saved from total destruction,' French fire official says, after blaze ravages cathedral». CNBC (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2019 
  4. «What We Know and Don't Know About the Notre-Dame Fire». The New York Times. 15 de abril de 2019. Consultado em 15 de abril de 2019. Cópia arquivada em 16 de abril de 2019  Verifique o valor de |url-access=limitado (ajuda)
  5. «La cathédrale Notre-Dame ravagée par les flammes». Le Monde (em francês). 15 de abril de 2019. Consultado em 15 de abril de 2019 
  6. «Incêndio atinge a Catedral de Notre-Dame, em Paris». G1. Consultado em 15 de abril de 2019 
  7. EuroNews.net (15 de abril de 2019). «Live updates: Huge fire underway at Notre Dame Cathedral in Paris» (em inglês). 15 de abril de 2019. Consultado em 15 de abril de 2019 
  8. «Notre-Dame: Cracks in the cathedral». BBC News. 5 de março de 2018. Consultado em 15 de abril de 2019 
  9. «Notre Dame Cathedral Is Crumbling. Who Will Help Save It?». Time (em inglês). Consultado em 15 de abril de 2019 
  10. a b «Notre-Dame Cathedral spire in Paris collapses, engulfed in flames». CBC News. Thomson Reuters. 15 de abril de 2019. Consultado em 15 de abril de 2019 
  11. a b Observador, Marta Leite Ferreira; Observador, Marta Leite Ferreira. «Catedral de Notre Dame em Paris está a arder. Tecto em "colapso total"». Observador. Consultado em 15 de abril de 2019 
  12. a b c d «Notre-Dame cathedral on fire in Paris». BBC News. 15 de abril de 2019. Consultado em 15 de abril de 2019 
  13. «Paris' Notre Dame Cathedral on fire». www.cnbc.com (em inglês) 
  14. «Important incendie en cours dans la cathédrale Notre-Dame de Paris» (em francês) 
  15. «Événements pour avril 2019». Notre Dame de Paris. Consultado em 15 de abril de 2019 
  16. a b c d Nossiter, Adam; Breeden, Aurelien (15 de abril de 2019). «Part of Notre-Dame Cathedral Spire Collapses in Fire». The New York Times. Consultado em 15 de abril de 2019 
  17. «La catedral de Notre Dame de París sufre un importante incendio». El País (em espanhol). 15 de abril de 2019. ISSN 1134-6582. Consultado em 15 de abril de 2019 
  18. «400 firefighters mobilized for Notre Dame blaze». CNN (em inglês). 15 de abril de 2019. Consultado em 15 de abril de 2019 
  19. a b c «Incendie en cours à Notre-Dame de Paris : la structure de la cathédrale est "sauvée et préservée dans sa globalité"». Europe 1. Consultado em 15 de abril de 2019 
  20. El-Bawab, Nadine (15 de abril de 2019). «Roof collapses at Paris' Notre Dame Cathedral as massive fire rages». CNBC. Consultado em 15 de abril de 2019 
  21. «'Significant fire' underway at Notre Dame Cathedral in Paris». www.euronews.com. Consultado em 15 de abril de 2019 
  22. a b RTP, RTP, Rádio e Televisão de Portugal-. «Catedral Notre Dame de Paris em chamas». www.rtp.pt. Consultado em 15 de abril de 2019 
  23. LCI. «EN DIRECT - Incendie à Notre-Dame de Paris : "Comme tous nos compatriotes, je suis triste ce soir de voir brûler cette part de nous", déclare Emmanuel Macron» (em francês). Consultado em 15 de abril de 2019 
  24. Hinnant, Lori (15 de abril de 2019). «Catastrophic fire engulfs Notre Dame Cathedral in Paris». AP NEWS. Consultado em 15 de abril de 2019 
  25. «Incendie de Notre-Dame de Paris: la couronne d'épines et la tunique de Saint-Louis sauvées des flammes». Le Soir (em francês). 15 de abril de 2019. Consultado em 15 de abril de 2019 
  26. Andrew Gray (15 de abril de 2019). «Macron postpones speech after Notre Dame fire». POLITICO. Consultado em 15 de abril de 2019 
  27. «Un terrible incendie est en cours à la cathédrale Notre-Dame de Paris. Les @PompiersParis sont en train de tenter de maîtriser les flammes. Nous sommes mobilisés sur place en lien étroit avec le @dioceseParis. J'invite chacune et chacun à respecter le périmètre de sécurité.pic.twitter.com/9X0tGtlgba». @Anne_Hidalgo (em francês) 
  28. «Doações para reconstruir Catedral de Notre-Dame já chegam R$ 2,6 bilhões». UOL. 16 de abril de 2019. Consultado em 16 de abril de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Incêndio da Catedral de Notre-Dame de Paris