Iran Air

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Iran Air logo.png
Iran Air
IATA
IR
ICAO
IRA
Indicativo de chamada
Iran Air
Fundada em 1961
Principais centros
de operações
Aeroporto de Tehran-Imam Khomeini
Outros centros
de operações
Aeroporto Internacional de Mashhad
Programa de milhagem Skygift


Frota 43[1] aeronaves
Destinos 60 localidades
Companhia
administradora
Iran National Airlines Corporation
Sede Teerão, Irã
Pessoas importantes Farhad Parvaresh (CEO)
Sítio oficial www.iranair.com
Airbus A300 da IranAir em 2010.

A Iran Air é a companhia aérea de bandeira do Irão, fundado em 1944, baseada em Teerão e com base no Aeroporto de Tehran-Imam Khomeini.

A Iran Air, também conhecida como Companhia Aérea da República Islâmica do Irão, opera serviços regulares para 60 destinos e cinco serviços charter. Ela mantém seus hubs mais importantes nos seguintes aeroportos: Teerão, Isfahan, Mashhad e Shiraz. Recentemente, há notícias de que o governo iraniano pretende privatizar a companhia e suas subsidiárias, a Iran Air Tours e o Homa Hotel Group. [carece de fontes?]

História[editar | editar código-fonte]

A Iran Air foi fundada em 1944 sob o seu primeiro nome Iranian Airways. O voo inaugural da companhia foi entre Teerão e a cidade de Mashhad. No período de 17 anos, ampliou decisivamente sua malha aérea doméstica e manteve poucos voos internacionais por semana. Em 1954, foi fundada uma outra companhia aérea privada sob o nome de Pars Airways, que inicialmente transportava apenas carga para a Europa.[carece de fontes?]

Mas, dada as peculiaridades geográficas iranianas e a falta de estradas ou caminhos-de-ferro seguros que ligassem as remotas regiões metropolitanas entre si, levou o ministro dos transportes a criar uma companhia aérea nacional em 10 de Fevereiro de 1961, com a fusão da Pars Airways e da Iranian Airways. A nova companhia recebeu o nome de Iran National Airlines Corporation (IranAir) e um novo logotipo e iniciou suas operações em Abril de 1962. Mas a expansão da IranAir deu-se nos anos 1960 e 1970.[carece de fontes?]

Com a revolução iraniana, a Iran Air teve que reorganizar suas operações comerciais. Teerão tornou-se o portão de entrada do país e as outras cidades perderam o status de internacional. Recentemente estão a ganhá-lo novamente. Com a guerra Irã-Iraque em 1980, a malha aérea doméstica iraniana sofreu muitos cancelamentos e irregularidades. Esta situação perdurou até 1988. [carece de fontes?]

Em 1981, o nome da companhia foi alterado para "Companhia Aérea da República Islâmica do Irão". Na década de 1990, adquiriu várias aeronaves até que o governo norte-americano impediu a compra de novos Airbus A330. Os EUA e os países-membros da UE bloqueiam o fornecimento de peças sobressalentes da Boeing ante crescimento das tensões entre os governos do Irão e dos EUA a cerca do programa nuclear iraniano.[carece de fontes?]

Destinos[editar | editar código-fonte]

Atualmente, a malha aérea da IranAir serve aos seguintes destinos em Europa e Ásia:

  • Viena, Baku, Copenhaga, Paris, Colónia/Bona, Frankfurt, Hamburgo, Milão-Malpensa, Roma, Amsterdão, Moscovo-Sheremetyevo, Gotemburgo, Estocolmo, Genebra, Istambul-Ataturk, Ankara, Londres-Heathrow.

Na Ásia, os seguintes destinos são:

  • Tashkent, Pequim, Tóquio-Narita, Seul-Incheon, Mumbai, Karachi, Kuala Lumpur, Banguecoque, Bahrain, Kuwait, Beirute, Doha, Jedá, Damasco, Dubai.

Frota[editar | editar código-fonte]

Em Agosto de 2015, a frota da Iran Air é composta por 43 aeronaves, dos quais sete são inativos, dos seguintes modelos[2] :

  • Airbus A300 (10);
  • Airbus A310 (2);
  • Airbus A320 (6);
  • Boeing 747-200 (4);
  • Boeing 747SP (1);
  • Fokker 100 (16)
  • McDonnell Douglas MD-82 (4).

Referências

Weblinks[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Iran Air
Portal A Wikipédia possui o
Portal da Aviação
Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.