Ivonir Machado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Ivonir Machado é um cantor brasileiro[1], nasceu em Cruz Alta, em 15 de maio de 1960, descendente de italianos, herdou da mãe gaiteira (e também costureira) e do pai gaiteiro (e jóquei) o gosto pela música.

Iniciou carreira como ritmista em invernadas artísticas em centros de tradição gaúcha (CTG's) e concursos estudantis. Tinha como objetivo ser intérprete. Junto com o irmão Airton Machado, criou o grupo musical Garotos de Ouro.

Faz em média 23 shows por mês. Ivonir venceu a Mostra Farroupilha do Rio Grande do Sul, interpretando composição de Peão Farrapo. Recebeu cinco discos de ouro e um disco de platina. Carismático, vendeu mais de um milhão de quinhentos mil discos, sendo conhecido como "A Voz de Ouro". Cantou sucessos como "Chora no Ombro do Veio", "Peão Farrapo", "Surungo de Namoro", "Não Chora China Véia", "Me Bate Nega Véia", "O Socadão", "O Barquinho", "Morenaça", "O Chevetão" e "O Rei da Zona".

Atualmente canta com o grupo Os Novos Garotos, junto com seu filho.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um cantor é um esboço relacionado ao Projeto Música. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.