Jean-Louis-Marie Poiseuille

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jean-Louis-Marie Poiseuille
Fisiologia, física
Nacionalidade França Francês
Nascimento 22 de abril de 1797
Local Paris
Morte 26 de dezembro de 1869 (72 anos)
Local Paris
Atividade
Campo(s) Fisiologia, física
Alma mater École Polytechnique
Conhecido(a) por Lei de Poiseuille

Jean-Louis-Marie Poiseuille (Paris, 22 de abril de 1797 — Paris, 26 de dezembro de 1869) foi um médico e físico francês.

Poiseuille publicou diversos artigos sobre o coração e a circulação sanguínea (a hemodinâmica) que lhe permiram estabelecer em 1844 - na sua obra "Le mouvement des liquides dans les tubes de petits diamètres" - as leis de fluxo laminar de fluidos viscosos em tubos cilíndricos. A unidade de viscosidade dinâmica no sistema CGS de unidades recebeu o nome de Poise em sua homenagem.

Contribuição para a física aplicada ao corpo humano[editar | editar código-fonte]

Poiseuille tinha interesse no comportamento do fluxo de sangue dentro das veias e artérias do corpo humano.

Suas publicações iniciaram-se (1828) discutindo sobre o bombeamento do coração, o escoamento do sangue nas veias e nos vasos capilares e a resistência a esse movimento. Porém seus conhecimentos em circulação sanguínea possibilitaram-no entender também a circulação de água em tubulações. Assim, pesquisou as leis de fluxo laminar de fluidos viscosos em tubos cilíndricos e publicou uma importante obra, "Le mouvement des liquides dans les tubes de petits diamètres" (1844).

Integrou a equação que mostrou que em um regime laminar a velocidade média é proporcional a perda - Lei de Poiseuille. Formulou uma expressão matemática para a taxa de fluxo laminar de fluidos em tubos circulares, descoberta independentemente por Gotthilf Hagen (1797-1884), um engenheiro hidráulico alemão. Por isso, esta relação também se tornou conhecida como a equação de Hagen-Poiseuille.

A equação é uma lei da Física que descreve um fluxo incompressível (significa não haver variação na densidade do fluido) de baixa viscosidade através de um tubo de seção transversal circular constante.

Poiseuille faleceu em Paris, e na Física foi homenageado com a unidade de viscosidade absoluta, ou dinâmica, Poise (=0,1 N.s/m²).

Referências[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.