Jean-Luc Mélenchon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jean-Luc Mélenchon

Jean-Luc Mélenchon (Tânger-Marrocos, 19 de agosto de 1951) é um político francês, atual líder do movimento França Insubmissa (La France insoumise) que ele fundou em fevereiro de 2016[1]. Ele foi o candidato deste partido na eleição presidencial de 2017.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em Marrocos, Jean-Luc Mélenchon mudou-se para a França com 11 anos de idade. Formado em filosofia, ele foi uma das lideranças do movimento estudantil durante os eventos políticos de maio de 1968.[2]Professor de profissão. Trotskista, foi Ministro da Educação no governo de Lionel Jospin, decidiu sair do Partido Socialista Francês em 2008, para fundar a Partido de Esquerda[3]. Ele foi co-presidente deste partido até agosto 2014, quando anunciou a sua demissão.

Foi candidato às eleições presidenciais francesas de 2012 onde foi o quarto mais votado (11,1%) e às eleições de 2017, chegando na mesma posição no primeiro turno mas com um melhor resultado (19.58%).

Visão política[editar | editar código-fonte]

É contra o liberalismo e defende uma Europa na contramão da economia de mercado.[2]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Jean-Luc Mélenchon

Referências

  1. Cardoso, Helvécio (24 de fevereiro de 2016). «Melenchon : A nova cara da esquerda Francesa». DM.com.br. Consultado em 7 de maio de 2017. 
  2. a b Conheça os candidatos ao Palácio do Eliseu - RFi (em Português), 04 de abril de 2012
  3. «Jean-Luc Mélenchon é fenómeno das eleições presidenciais francesas». 21 de fevereiro de 2012. Consultado em 7 de maio de 2017.