França Insubmissa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
França Insubmissa
France insoumise
Líder Jean-Luc Mélenchon
Fundação 2016
Sede Paris,  França
Ideologia Socialismo
Comunismo
Ecossocialismo
Marxismo
Populismo de esquerda
Anticapitalismo
Eurocepticismo
Espectro político Esquerda
Assembleia Nacional
17 / 577
Senado
0 / 348
Parlamento Europeu
1 / 74
Cores Celeste e ocre

A França Insubmissa (em francês: La France insoumise) é um partido/movimento político francês formado em 2016, sendo sucessor da Frente de Esquerda, criada em 2008. Foi fundada com o objectivo de ser eleito presidente em 2017[1].

Entre as medidas defendidas pelo movimento estão a renegociação dos tratados com a União Europeia, a recusa em assinar os acordos de livre-comércio com EUA e Canadá e a saída da França da NATO[2].

Importa referir que, para as eleições legislativas de 2017, o Partido Comunista Francês não chegou a acordo com o movimento, decidindo concorrer às eleições sozinho[3].

Resultados eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições presidenciais[editar | editar código-fonte]

Data Candidato

apoiado

1ª Volta 2ª Volta
CI. Votos % CI. Votos %
2017 Jean-Luc Mélenchon 4.º 7 011 856
19,6 / 100,0

Eleições legislativas[editar | editar código-fonte]

Data 1ª Volta 2ª Volta Deputados Status
CI. Votos % CI. Votos %
2017 4.º 2 497 622
11,0 / 100,0
7.º 883 786
4,9 / 100,0
17 / 577
Oposição

Referências

  1. «Jean-Luc Mélenchon, le vent dans le dos». Libération.fr (em francês) 
  2. «Les insoumis croient en la victoire». ladepeche.fr (em francês) 
  3. magazine, Le Point, (9 de maio de 2017). «Législatives : pas d'accord PCF-La France insoumise». Le Point (em francês)