João Timóteo da Costa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
João Timóteo da Costa
Retrato pintado por Rodolfo Amoedo
Nascimento 1878
Rio de Janeiro
Morte 1932
Rio de Janeiro
Nacionalidade Brasil
Ocupação Pintor e decorador

João Timóteo da Costa (Rio de Janeiro, 1879 — Rio de Janeiro, 1932) foi um pintor e decorador brasileiro.

Vida[editar | editar código-fonte]

Irmão do pintor Artur Timóteo da Costa, com ele trabalhou como aprendiz da Casa da Moeda do Rio de Janeiro. Ingressou na Escola Nacional de Belas Artes por volta de 1894, sendo ali orientado por Rodolfo Amoedo, Zeferino da Costa e Daniel Bérard.

Participou diversas vezes da Exposição Geral de Belas Artes a partir de 1906, na qual conquistou, entre outros prêmios, a pequena medalha de ouro.

Com o irmão Arthur e os irmãos Carlos Chambelland e Rodolfo Chambelland, em 1911 trabalhou na decoração do pavilhão brasileiro da Exposição Internacional de Turim, na Itália, permanecendo na Europa por mais de um ano.

É de sua autoria a decoração da sede do Fluminense Futebol Clube, do salão nobre do atual Palácio Tiradentes e do Hotel Copacabana Palace, todos no Rio de Janeiro.

A insanidade do irmão, falecido precocemente em 1920, e a morte da filha, aos 6 anos de idade, são golpes dos quais o artista nunca se recuperaria totalmente. Como seu irmão Artur, João Timóteo da Costa morre no Hospício Nacional de Alienados, no Rio de Janeiro, em 20 de março de 1932, aos 53 anos.[1]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. João Timotheo da Costa, in Enciclopédia Itaú Cultural.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre João Timóteo da Costa


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.