John Greenleaf Whittier

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
John Greenleaf Whittier
John Greenlaef Whittier, 1885
Nascimento 17 de dezembro de 1807
Haverhill
Morte 7 de setembro de 1892 (84 anos)
Hampton Falls
Sepultamento Massachusetts
Cidadania Estados Unidos
Progenitores
  • John Whittier
Irmão(s) Elizabeth Hussey Whittier
Ocupação escritor, poeta, jornalista, advogado
Obras destacadas Child Life: a collection of poems, Centennial Hymn, A Dream of Summer, Harvest Hymn, Hymn, The Eternal Goodness, Laus Deo!, My Birthday, My Psalm, Our Country, The Corn-Song, The Fishermen, The Light That Is Felt, The Poor Voter on Election Day, Song of the Negro Boatmen
Religião Quaker
Assinatura
Signature of John Greenleaf Whittier.jpg

John Greenleaf Whittier (17 de dezembro de 18077 de setembro de 1892)[1] foi um influente poeta e advogado americano importante na abolição da escravidão nos Estados Unidos da América. Ele é frequentemente citado como um dos Fireside Poets.

Era quaker e nasceu em Haverhill, Massachussets. Filho de fazendeiro, dedicou sua vida as causas da natureza. Poeta laureado da abolição, contribuiu nas campanhas contra a escravatura. É autor das obras: The Slave Ships, Ichabod, A Dream of Summer, My Playmate, entre outras[2].

Fontes e referências[editar | editar código-fonte]

  1. Wagenknecht, 3
  2. Whittier, John Greenleaf, pag. 1784 - Grande Enciclopédia Universal - edição de 1980 - ed. Amazonas

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre John Greenleaf Whittier
Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço relacionado ao Projeto Literatura. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.