John Greenleaf Whittier

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
John Greenleaf Whittier
Nascimento 17 de dezembro de 1807
Haverhill
Morte 7 de setembro de 1892 (84 anos)
Hampton Falls
Sepultamento Massachusetts
Cidadania Estados Unidos
Progenitores
  • John Whittier
Irmão(s) Elizabeth Hussey Whittier, Mathew Franklin Whittier
Ocupação escritor, poeta, jornalista, advogado
Obras destacadas Child Life: a collection of poems, Centennial Hymn, A Dream of Summer, Harvest Hymn, Hymn, The Eternal Goodness, Laus Deo!, My Birthday, My Psalm, Our Country, The Corn-Song, The Fishermen, The Light That Is Felt, The Poor Voter on Election Day, Song of the Negro Boatmen, Snow-Bound: A Winter Idyl
Religião Quaker
Assinatura
Signature of John Greenleaf Whittier.jpg

John Greenleaf Whittier (17 de dezembro de 18077 de setembro de 1892)[1] foi um influente poeta e advogado americano importante na abolição da escravidão nos Estados Unidos da América. Ele é frequentemente citado como um dos Fireside Poets.

Era quaker e nasceu em Haverhill, Massachussets. Filho de fazendeiro, dedicou sua vida as causas da natureza. Poeta laureado da abolição, contribuiu nas campanhas contra a escravatura. É autor das obras: The Slave Ships, Ichabod, A Dream of Summer, My Playmate, entre outras[2].

Fontes e referências[editar | editar código-fonte]

  1. Wagenknecht, 3
  2. Whittier, John Greenleaf, pag. 1784 - Grande Enciclopédia Universal - edição de 1980 - ed. Amazonas

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre John Greenleaf Whittier
Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço relacionado ao Projeto Literatura. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.