Keep Talking

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde julho de 2015). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
"Keep Talking"
Single de Pink Floyd
do álbum The Division Bell
Lançamento 12 de março de 1994
Gravação 1993 no Astoria
Gênero(s) Rock progressivo
Duração 4:55 (versão single)
6:08 (versão no álbum)
Gravadora(s) Columbia Records
Composição David Gilmour, Richard Wright e Polly Samson
Produção David Gilmour, Bob Ezrin
Cronologia de singles de Pink Floyd
"One Slip"
(1988)
"Lost for Words"
(1994)

Keep Talking é uma canção da banda britânica de rock Pink Floyd, do álbum The Division Bell. A música conta com a voz de Stephen Hawking, físico britânico mundialmente famoso, falecido em 2018. David Gilmour, guitarrista da banda, ouviu a voz de Hawking em um comercial da British Telecom, comprou seus direitos e decidiu utilizá-la na música, que também faz uso da "Talk Box".[1]

Foi lançada como o primeiro single de Division Bell, em março de 1994. Também é o lado B do single "High Hopes",[2] e foi regravada no álbum Pulse. Foi escrita por David Gilmour, Richard Wright e Polly Samson.

Alcançou o primeiro lugar na Mainstream Rock Tracks, em 1994.[3]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

A música foi o primeiro single a ser lançado do álbum nos Estados Unidos em março de 1994. A canção foi incluída na compilação de 2001, Echoes: The Best of Pink Floyd.

Mensagem de Stephen Hawking[editar | editar código-fonte]

For millions of years, mankind lived just like the animals. Then something happened which unleashed the power of our imagination. We learned to talk. And we learned to listen. Speech has allowed the communication of ideas, enabling human beings to work together. To build the impossible. Mankind's greatest achievements have come about by talking. And it's greatest failures by NOT talking. It doesn't have to be like this! Our greatest hopes could become reality in the future. With the technology at our disposal, the possibilities are unbounded. All we need to do is make sure we keep talking.

-Stephen Hawking

Por milhões de anos, a humanidade viveu como os animais. Então aconteceu algo que desencadeou o poder da nossa imaginação. Nós aprendemos a falar. E nós aprendemos a ouvir. A fala tem permitido a comunicação de idéias, permitindo aos seres humanos trabalhar em conjunto. Para construir o impossível. As maiores conquistas da humanidade surgiram em decorrência da fala. E os maiores fracassos pela falta dela. Não precisa ser desta forma! Nossas maiores esperanças poderiam se tornar realidade no futuro. Com a tecnologia à nossa disposição, as possibilidades são ilimitadas. Tudo o que precisamos fazer é garantir que continuemos conversando.

-Stephen Hawking

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

Músicos convidados

Referências

  1. Michaels, Sean (8 de outubro de 2014). «Stephen Hawking sampled on Pink Floyd's The Endless River» (em inglês). The Guardian. Consultado em 17 de fevereiro de 2015 
  2. «High Hopes/Keep Talking - Pink Floyd». Allmusic. Consultado em 4 de julho de 2015 
  3. «Pink Floyd - Awards». Allmusic. Consultado em 4 de julho de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um single de Pink Floyd é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.