Kepler-70

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Kepler-70 (anteriormente chamada de KOI-55) é uma estrela localizada na constelação de Cygnus com uma magnitude aparente visual de 14.87,[1] assim necessitando o uso de telescópios para sua visualização.[2]

É uma estrela subanã B que passou pelo estágio de tornar-se numa gigante vermelha há cerca de 18,4 milhões de anos atrás e agora está fundindo hélio em seu núcleo. Uma vez queimado todo seu hélio, a estrela tornar-se-á uma anã branca.

Tem um raio de cerca de 0,2 vezes o raio solar e possui dois planetas confirmados, Kepler-70b e Kepler-70c.[3]

Referências

  1. «SIMBAD query result». SIMBAD. Consultado em 1 de janeiro de 2012 
  2. Sherrod, P. Clay; Koed, Thomas L. (2003), A Complete Manual of Amateur Astronomy: Tools and Techniques for Astronomical Observations, ISBN 0-486-42820-6, Astronomy Series, Courier Dover Publications, p. 9 
  3. Charpinet, S.; et al. (21 de dezembro de 2011), «A compact system of small planets around a former red-giant star», Nature, 480 (7378): 496–499, Bibcode:2011Natur.480..496C, PMID 22193103, doi:10.1038/nature10631 
Ícone de esboço Este artigo sobre astronomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.