16 Cygni

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
16 Cygni
Dados observacionais (J2000.0)
Constelação Cisne
Asc. reta 19h 41m 48.91s[1]
Declinação 50° 31′ 30.4″[1]
Magnitude aparente +5.96(A) e +6.21(B)[1]
Características
Tipo espectral G2V(A) e G5V(B)[1]
Cor (U-B) +0.19(A) e +0.20(B)[1]
Cor (B-V) +0.64(A) e +0.66(B)[1]
Astrometria
Velocidade radial -27.4[1]
Mov. próprio (AR) 21.6[1]
Distância 70.5[1] anos-luz
Magnitude absoluta +3.65(combinado), +4.29(A) e +4.54(B)[1]
Detalhes
Raio 1.44(A) e 1.19(B)[1] R
Luminosidade 3.01(Combinado), 1.68(A) e 1.33(B)[1] L
Outras denominações
Gliese (Gl) 765.1, Aitken Double Star (ADS) 12815, Struve (STF) 46
16 Cygni
Cygnus constellation map.png

16 Cygni é um sistema com três estrelas a aproximadamente setenta anos-luz de distância do planeta Terra na constelação de Cygnus. É constituído por duas estrelas anãs amarelas parecidas com o Sol e uma do tipo anã vermelha. Em 1996, um Planeta extra-solar foi descoberto com uma órbita excêntrica em torno da estrela tipo solar 16 Cygni B.

Distância e outras informações[editar | editar código-fonte]

O paralaxe entre as duas estrelas mais brilhantes foi usado como parte da missão de astrometria Hipparcos. Isso resultou em um paralaxe de 46,25 milisegundos de arco para a 16 Cygni A[2] e 46,70 para 16 Cygni B.[3] Como os dois componentes estão associados, é razoável assumir que eles possuem a mesma distância, então a diferença nos paralaxes é resultado de um erro experimental (quando os erros associados ao paralaxe são levados em consideração, as faixas de paralaxe se sobrepõem). Usando o paralaxe do componente A, a distância é de 21,6 parsecs. O paralaxe do componente B corresponde a uma distância de 21,4 parsecs.

O sistema 16 Cygni é abundante em Berílio e Ferro.[4] Aponta-se que a bundância de elementos pesados dele seja de 141% em relação ao Sistema Solar.[1]

Sistema planetário[editar | editar código-fonte]

Em 1996 um Planeta extra-solar em órbita excêntrica foi descoberto próximo da estrela 16 Cygni B.[5] A órbita do planeta demora 798,5 dias para completar, com um eixo semimajor de 1,68 AU. Assim como a maioria dos planetas extra-solares conhecidos, 16 Cygni Bb foi detectado ao medir a velocidade radial da sua estrela associada, que dá apenas um limite mínimo para a massa: nesse caso, cerca de 1,68 vezes a massa de Júpiter. "Para o sistema 16 Cyg B, apenas as partículas dentro de cerca de 0,3 AU permanecem estáveis [por milhões de anos da formação], deixando aberto a possibilidade de planetas de curto período". Para esses casos, a observação elimina a possibilidade de qualquer planeta com a massa maior que Netuno.[6]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l m «16 Cygni». Stellar Database (em inglês). Consultado em 27 de novembro de 2015 
  2. «HIP 96895». The Hipparcos and Tycho Catalogues. ESA. 1997. Consultado em 27 June 2006  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  3. «HIP 96901». The Hipparcos and Tycho Catalogues. ESA. 1997. Consultado em 27 June 2006  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  4. «BERYLLIUM AND IRON ABUNDANCES OF THE SOLAR TWINS 16 CYGNI A AND B». The Astronomical Journal, Volume 119, Number 5 (em inglês). Consultado em 27 de novembro de 2015  Texto " Ano: 2000" ignorado (ajuda); Texto " Mês: Novembro " ignorado (ajuda); Texto " Autor: Constantine P. Deliyannis, Katia Cunha, Jeremy R. King and Ann M. Boesgaard" ignorado (ajuda)
  5. Cochran; Hatzes, Artie P.; Butler, R. Paul; Marcy, Geoffrey W.; et al. (1997). The Discovery of a Planetary Companion to 16 Cygni B. The Astrophysical Journal. pp. 457–463. arXiv:astro-ph/9611230Acessível livremente. Bibcode:1997ApJ...483..457C. doi:10.1086/304245 
  6. Wittenmyer; Endl, Michael; Cochran, William D.; Levison, Harold F.; et al. (2007). Dynamical and Observational Constraints on Additional Planets in Highly Eccentric Planetary Systems. The Astronomical Journal. pp. 1276–1284. Bibcode:2007AJ....134.1276W. doi:10.1086/520880