King Priam

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

King Priam ("Rei Príamo" em inglês) é uma ópera do compositor inglês Michael Tippett, sobre libreto do próprio compositor. A história se baseia na Ilíada de Homero, com a exceção do nascimento e infância de Páris, que foram tiradas das Fabulae de Higino.

Sua estreia se deu a 29 de maio de 1962, em Coventry, Inglaterra. A obra foi composta para um festival de artes realizado juntamente com a reconsagração da Catedral de Coventry, reconstruída depois de ter sido totalmente destruída pelos bombardeios nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. Benjamin Britten também compôs o seu War Requiem para a mesma ocasião.

A primeira performance em Covent Garden ocorreu em 5 de junho daquele ano, regida por John Pritchard.1 Sua estreia alemã foi realizada no Badisches Staatstheater, em 1963, e a americana no San Francisco Opera Center Showcase, em 1994.

Como epígrafo à partitura, Tippett colocou as palavras em alemão: "Es möge uns das Schicksal gönnen, dass wir das innere Ohr von dem Munde der Seele nicht abwenden ("Que o destino nos permita nunca afastar nosso ouvido interno dos lábios de nossa alma."). Uma possível fonte desta citação seria um ensaio de 1912 sobre Arnold Schoenberg, de Wassily Kandinsky.2

Elenco[editar | editar código-fonte]

Papel Voz Elenco na estréia, 29 de maio 1962
(Maestro: John Pritchard)
Priam (Príamo), Rei de Tróia baixo-barítono Forbes Robinson
Hecuba (Hécuba), sua esposa soprano dramático Marie Collier
Hector (Heitor) barítono Victor Godfrey
Andromache (Andrômaca) mezzo-soprano lírico-dramática Josephine Veasey
Paris (Páris) tenor John Dobson
Páris jovem soprano infantil Philip Doghan
Helen (Helena) mezzo-soprano lírico Margreta Elkins
Achilles (Aquiles) tenor Richard Lewis
Patroclus (Pátroclo) baritono ligeiro Joseph Ward
Criada mezzo-soprano Noreen Berry
Ancião baixo David Kelly
Jovem guarda tenor lírico Robert Bowman
Hermes tenor ligeiro John Lanigan
Coro: caçadores, convidados do casamento

Referências

  1. Porter, Andrew, "Michael Tippett's New Opera" (July 1962). The Musical Times, 103 (1433): pp. 469-470.
  2. http://www.schoenberg.at/4_exhibits/asc/Kandinsky/Bilder.htm
Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.