Koki Hirota

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Koki Hirota
Nascimento 廣田 弘毅
14 de fevereiro de 1878
Chūō-ku, Fukuoka, Japão
Morte 23 de dezembro de 1948 (70 anos)
Prisão de Sugamo, Japão
Sepultamento Shōfuku-ji
Cidadania Japão
Cônjuge Shizuko Hirota
Alma mater Universidade de Tóquio
Ocupação político, diplomata,
Prêmios
  • Grão-Cordão da Ordem do Sol Nascente (1934)
  • Grand Cordon of the Order of the Sacred Treasure (1933)
  • Cavaleiro da Legião de Honra (1907)
Causa da morte forca
Assinatura
HirotaK kao.png

Koki Hirota (14 de fevereiro de 187823 de dezembro de 1948) foi um diplomata e político do Japão. Ocupou o lugar de primeiro-ministro do Japão de 9 de março de 1936 a 2 de fevereiro de 1937. Após a Segunda Guerra Mundial, ele foi julgado, condenado e executado pelos Aliados como um criminoso de guerra.[1]

Referências

  1. Maga, Timothy P. Judgment at Tokyo: The Japanese War Crimes Trials. University of Kentucky (2001). ISBN 0-8131-2177-9

Ver também[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Keisuke Okada
Primeiro-ministro do Japão
1936 - 1937
Sucedido por
Senjuro Hayashi
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço relacionado ao Projeto Biografias de Políticos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.