Laguna Araruama

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Lagoa de Araruama)
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde agosto de 2014). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Laguna Araruama
Praia do Sudoeste, laguna Araruama
Localização
Localização Região dos Lagos
País  Brasil
Localidades mais próximas Araruama, Iguaba Grande, São Pedro da Aldeia, Cabo Frio e Arraial do Cabo
Características
Área * 210[1]  km²
* Os valores do perímetro, área e volume podem ser imprecisos devido às estimativas envolvidas, podendo não estar normalizadas.
Laguna Araruama na região de Iguaba Grande
Canal do Itajuru, o elo de ligação entre a Laguna e o Oceano Atlântico

A laguna Araruama, conhecida erroneamente como Lagoa de Araruama,[nota 1] localiza-se na Região dos Lagos, no estado do Rio de Janeiro, Brasil. É a maior laguna hipersalina do mundo, já que sua salinidade gira em torno de 52%, índice que é uma vez e meia a do oceano, e se deve ao fato da característica climática da região onde a evaporação é grande e chove pouco, além de pouquíssimo riachos a desaguarem nela.[2]

Topônimo[editar | editar código-fonte]

Araruama é uma palavra de origem tupi que tem significado controverso. Pedro Guedes Alcoforado, em O tupi na geografia fluminense, afirma significar «abundância de conchas» ou «local de muitas ostras».[3]

A versão mais aceita, contudo, é a de Teodoro Sampaio, o qual afirma que o termo provém de arara-uama e significa «comedouro (ou bebedouro) das araras».[4]

Características[editar | editar código-fonte]

A laguna apresenta um grande corpo d'água com saída para o mar através do Canal do Itajuru, banhando por Araruama, Iguaba Grande, São Pedro da Aldeia, Cabo Frio e Arraial do Cabo. Está separada do oceano Atlântico por extensos cordões litorâneos, compondo a restinga de Massambaba.

A sua história econômica está relacionada à extração de sal (pela elevada salinidade de suas águas), à pesca (principalmente tainha, carapeba e camarões) e à extração de moluscos para moagem. O primeiro defeso da história adotado na Laguna Araruama ocorrereu de 1º de agosto e 31 de outubro de 2013.[5]

É considerada uma das melhores raias de vento do país, sendo procurada para a prática de esportes náuticos, como o windsurf e o kitesurf.






Galeria[editar | editar código-fonte]

Ressaca provocada pelo vento sudoeste na praia do Sudoeste, São Pedro da Aldeia 
Laguna de Araruama no verão 
Área próxima à ponta de Roberto Marinho, na praia do Sudoeste, São Pedro da Aldeia 
Laguna de Araruama 
Pôr do Sol na Laguna 
Vista da Orla 


Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Tal nomenclatura não se ajusta, pois é um corpo d'água que se conecta com o mar através do Canal do Itajuru, além de ser salobra, características portanto de uma laguna.

Referências

  1. Araruama, uma laguna ameaçada Ciência Hoje. Visitado em 06 jun. 2012.
  2. [ligação inativa] Araruama, uma laguna ameaçada Ciência Hoje. Visitado em 13 jun. 2012.
  3. Centro de Documentação e Informação do Congresso Nacional. Anais da Câmara dos Deputados. [S.l.]: Departamento de Imprensa Nacional, 1974.
  4. SAMPAIO, Teodoro. Vocabulário geográfico brasileiro. [S.l.]: Editora da Universidade de São Paulo, 1955. 146 p.
  5. [www.diarioaldeense.blogspot.com.br/2013/05/primeiro-defeso-da-historia-da-laguna.html Primeiro defeso da história da Laguna Araruama começa em agosto.] Diário Aldeense. Visitado em 08 jul. 2013.