Leão Lobo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde maio de 2010) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Leão Lobo
Leão Lobo, em outubro de 2008
Nome completo Leão Nicola Lobo
Nascimento 1 de março de 1954 (64 anos)
São Paulo, SP
 Brasil
Ocupação Jornalista, apresentador de TV, radialista, ator, escritor
Outros nomes Leão Lobo
Família Lobo
Filho(s) Ana Beatriz
Parente(s) Laura (neta)
Nacionalidade brasileiro
Atividade 1973 — Atualmente
Site oficial

Leão Nicola Lobo, mais conhecido apenas por Leão Lobo (São Paulo,[1] 1 de março de 1954), é um jornalista, apresentador de televisão, escritor, radialista e ator brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho e irmão de jornalistas, Leão Nicola Lobo não queria seguir os passos de seus familiares, mas ser ator teatral. Em 1973, fez estreia profissional no teatro com a peça O Jardim dos Amores, com Cleide Yáconis, mas dificuldades financeiras fizeram com que ele se lançasse a novos desafios. Em 1974, surgiu a oportunidade de atuar como repórter no Jornal do Bairro, de São Paulo. A partir daí, apaixonou-se pela profissão de jornalista e foi trabalhar em veículos como o Jornal da Tarde e a Folha da Tarde.

Em 1984, surgiu o primeiro convite para participar em programas de televisão. A estreia definitiva na TV veio com o programa Mulheres, na TV Gazeta, em 1990, no qual permaneceu em várias fases do programa até 2001.

Em 1991 foi convidado pelo SBT pra ter um quadro de fofoca no telejornal Aqui Agora, saiu do telejornal em 1996.

No período de 2000/2001,Leão Lobo,junto com a apresentadora Claudia Pacheco, apresentou o programa de fofoca Arroz, Feijâo e Fofoca onde,como sempre,contava a vida das celebridades na TV Gazeta.

Em 2001/2003 apresentou o programa Melhor da Tarde junto com a apresentadora Astrid Fontenelle e a numerologa Aparecida Liberarto.

Em 2004 até junho de 2007, Leão Lobo tinha um programa, o De Olho nas Estrelas, na Band, o qual girava em torno das novidades da televisão e fofocas das celebridades. Já de 2007 até 2008 o apresentador estava na Band com o programa Atualíssima,até a emissora decidir rescindir seu contrato e reformular a programação. Em 2009,apresentou um programa na CNT junto com Celso Russomanno, Adriana de Castro e Rony Curvelo.

Por falar da vida pessoal dos famosos já foi processado por Susana Vieira, Danielle Winits, Thiago Lacerda e vários outros artistas.[2]

Leão Lobo já teve quadros de fofocas em vários programas da televisão como: Show de Calouros (SBT),Note e Anote com Ana Maria Braga (Rede Record), Dia Dia (Band), Jogo da Vida (Band) e foi repórter do Domingo Legal (SBT) com Gugu.

Em 2014, voltou para a TV Gazeta, onde integrou o elenco do programa Revista da Cidade, no qual fazia a cobertura das notícias das celebridades ao lado da apresentadora Regiane Tápias, ele ficou na emissora por cerca de dois anos, até romper o contrato e ir para o SBT. [3][4]

Em 2016, assinou contrato com o SBT para apresentar um novo programa ao lado de Mara Maravilha e Mamma Bruschetta e Décio Piccinini, o Fofocando, que estreou no dia 1 de agosto de 2016. No início de 2017 teve seu nome alterado para Fofocalizando.[5][6] O jornalista foi forçado a rescindir o contrato que tinha com a TV Gazeta, tendo que pagar a multa contratual.[7] Leão Lobo também é, desde 2014, jurado do quadro Dez ou Mil, do Programa do Ratinho, também do SBT, além de ser jurado da premiação anual da emissora, o Troféu Imprensa.[6][8]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Em 1991, assumiu a paternidade de sua única filha, Ana Beatriz. Em 8 de agosto de 2015, o apresentador se tornou avô de Laura, filha de Ana Beatriz.[9]

O jornalista é assumidamente homossexual e militante da causa LGBT.[10] Lobo também contou em entrevistas que namorou uma mulher por 1 ano e meio.[11]

Em julho de 2016, numa entrevista ao jornal Diário de S. Paulo, contou que foi vítima de estupro aos 16 anos.[12]

Programas[editar | editar código-fonte]

Ano Programa Emissora
1990- 2001 Mulheres TV Gazeta
1990-1996 Show de Calouros SBT
2000-2001 Arroz, Feijão e Fofoca TV Gazeta
2001-2003 Melhor da Tarde Band
2004- 2007 De Olho nas Estrelas
2007-2008 Atualíssima
2009-2014 Notícias e Mais CNT
2014 Rugido do Leão Imparsom FM
2014-2016 Revista da Cidade TV Gazeta
2014-presente Programa do Ratinho SBT
2016-presente Fofocalizando

Referências

  1. Guia São Paulo de Bolso - Entrevista com Leão Lobo (versão em cache)
  2. Revista Veja
  3. Fabio Maksymczuk (15 de agosto de 2014). «Mais manso: Leão Lobo retorna à TV Gazeta». Portal Imprensa. Consultado em 1 de agosto de 2016. 
  4. Gabriel Vaquer (27 de julho de 2014). «Dispensado da CNT, Leão Lobo é contratado pela TV Gazeta». NaTelinha. UOl. Consultado em 1 de agosto de 2016. 
  5. «Mamma Bruschetta e Leão Lobo acabam de assinar contrato com o SBT». SBT na Web. SBT. 28 de julho de 2016. Consultado em 1 de agosto de 2016. 
  6. a b Gabriel Perline (26 de julho de 2016). «SBT contrata Mamma Bruschetta e sonda Leão Lobo para novo programa de fofocas». E+. O Estado de S. Paulo. Consultado em 1 de agosto de 2016. 
  7. «SBT paga multa de Leão Lobo para a TV Gazeta». RD1. iG. 31 de julho de 2016. Consultado em 1 de agosto de 2016. 
  8. «Jurados». Troféu Imprensa. SBT. Consultado em 1 de agosto de 2016. 
  9. Leão Lobo já é avô de Laura R7.com
  10. Abril.com
  11. Leão Lobo revela que namorou uma mulher durante um ano e meio
  12. Leão Lobo revela: 'Fui estuprado aos 16 anos'

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Wikidata Base de dados no Wikidata