Legio VII Claudia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outra legião chamada de "Sétima", veja Legio VII Gemina.
Legio VII Claudia Pia Fidelis
Roman Empire 125.png
Mapa do Império Romano em 125, sob o imperador Adriano, mostrando a LEGIO VII CLAUDIA aquartelada na margem do Danúbio em Viminácio, na província romana da Mésia Superior, de 58 d.C. até o final do século IV
País Império Romano
Denominação Claudia Pia Fidelis, "Cláudia, Fiel e Leal"
Criação 65 a.C.
Extinção século V a.C.
Mascote Touro (constelação)
História
Guerras/batalhas Guerras Gálicas (58 a.C.)
-Batalha contra os nérvios (57 a.C.)
invasões da Britânia por Júlio César (55-54 a.C.)
Revolta de Vercingetórix (53 a.C.)
Batalha de Farsalos (48 a.C.)
Guerras Dácias de Trajano (101-106 d.C.)
Comando
Comandantes
notáveis
Júlio César
Crasso
Sede
Guarnição Gália Cisalpina (até 44 a.C.)
Viminácio (até século V a.C.)

Legio VII Claudia Pia Fidelis ("Sétima Legião Cláudia, Fiel e Leal") foi uma legião romana. Seu símbolo era um touro.

História[editar | editar código-fonte]

Moeda do imperador Galiano celebrando a LEG VII CLA VI P VI F (Sétima Legião Claudia, seis vezes fiel, seis vezes leal no anverso e mostrando um touro, símbolo da Sétima, no reverso.

A VII Claudia, a VI Ferrata, a VIII Augusta e a IX Hispana foram todas fundadas por Pompeu na Hispânia em 65 a.C.[1]. Júlio César ordenou que elas fossem movidas para a Gália Cisalpina por volta de 58 a.C. e elas participaram, sob a liderança dele, das Guerras Gálicas. César, que na época era ainda apenas um general romano, menciona a Sétima em seu relato sobre a Batalha contra os nérvios e é provável que ela tenha sido empregada também na expedição pela Gália ocidental liderada por Crasso. Durante a crise causada pela revolta de Vercingetórix, a Sétima lutou nas redondezas de Lutécia (atual Paris).

A Sétima foi uma das duas legiões utilizadas nas invasões da Britânia por Júlio César (a outra foi a Legio X Equestris) e teve um papel crucial na Batalha de Farsalos (48 a.C.). Ela continuou a existir até pelo menos o final do século IV d.C., aquartelada na região do médio Danúbio.

Tibério Cláudio Máximo, o soldado romano que entregou a cabeça de Decébalo, o rei da Dácia, ao imperador romano Trajano durante sua campanha, estava servindo na Legio VII Claudia.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Dando, Stephen. Caesar's Legion (em inglês). [S.l.]: Collins. pp. 269–270 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]