Lichfield

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Litchfield.
Lichfield
A Majestosa catedral de Lichfield.
A Majestosa catedral de Lichfield.
Lema: Salve, magna parens
(latim: Saúde, gran pai)
Dados Gerais
Nação  Inglaterra
Região Midlands
Condado Staffordshire
Distrito Lichfield
População (2008) 31.000 habitantes
Localização
Lichfield está localizado em: Reino Unido
Lichfield
EnglandStaffordshire.png
52° 41' 7.08" N 1° 49' 49.8" O
Cidade do Reino Unido Reino Unido

Lichfield é uma cidade da inglaterra, no condado de Staffordshire, localizada a 25 km do norte de Birmingham e a 200 km a noroeste de Londres, e é a maior cidade de seu distrito, o distrito de Lichfield.

Lichfield é mais conhecida por sua majestosa catedral de três torres e por ser a cidade natal do Dr. Samuel Johnson, escritor do primeiro dicionário de inglês autorizado. Atualmente, a cidade ainda retém sua antiga importância como centro eclesiástico e suas características do velho mundo. Porém, seu desenvolvimento industrial e comercial têm sido relativamente pequenos.

História[editar | editar código-fonte]

Aproximadamente 5 km ao sul da cidade havia um vilarejo romano-britânico chamado Letocetum, de onde restam apenas ruínas, do qual a primeira parte do nome Lichfield é derivado. Porém, uma antiga lenda afirma que milhares de cristãos foram martirizados em Lichfield aproximadamente em 300 d.C., durante o reinado do imperador romano Diocleciano, e que o nome Lichfield significava campos da morte. Não há, entretanto, nenhuma evidência que comprove está lenda.[1]

A primeira notícia autêntica de Lichfield apareceu em um relato de Beda, que a chamou de Licidfelth e mencionou que era onde Chad de Mercia fixou a sede episcopal de Mércia em 669. Os túmulos individuais dos reis de Mércia na catedral aumentaram o prestígio de Lichfield. Em 1291, Lichfield foi severamente destruída por um incêncio, porém a catedral e suas redondezas sobreviveram incólumes.[2]

A reforma na Inglaterra teve um efeito dramático em Lichfield, o desaparecimento das perigrinações e a destruição do santuário de St. Chad em 1538 foram as maiores perdas para a prosperidade econômica da cidade. Com a peste negra em 1593 um terço da população morreu.[3] Também, a última pessoa a morrer queimada por heresia na Inglaterra morreu em Lichfield em 11 de abril de 1612.

Durante a guerra civil inglesa Lichfield foi dividida com as autoridades eclesiásticas apoiando o rei e a burguesia o parlamento. Lichfield era de importância estratégica por suas rotas, e os dois lados desejavam controlar a cidade. Várias batalhas ocorreram na cidade destruindo parte de sua catedral, que foi reformada mais tarde por Carlos II.

Durante o século XVIII a cidade cresceu por estar na rota principal de acesso ao noroeste da Inglaterra e a Irlanda. Nessa época, também, tornou-se centro de grande atividade intelectual, sendo a casa de muitas pesoas fomosas como Samuel Johnson, David Garrick, Erasmus Darwin e Anna Seward,

A chegada da revolução industrial e dos trêns, no século XIX, assinalaram o fim de Lichfield como uma importante cidade de estada para viagens. Embora o desenvolvimento industrial tenha crescido em cidades próximas, como Birmingham, Lichfield manteve, junto com sua população, os seus caracteres inalterados.

Hoje a cidade continua em expansão. Em sua região leste uma nova área residencial se desenvolveu e aumentou em 3 000 o número de habitantes. Há também um projeto aprovado, que tomara corpo em 2009, para a construção de um gigantesco complexo de compras, lazer, hoteis, lojas, etc., de 100 milhões de libras, para o qual serão demolidos atuais estacionamentos, departamentos policiais, etc, em Friarsgate, oposto à estação de Lichfield.[4] Espera-se que o complexo atraia mais 11 000 visitantes anualmente.

Cidadãos famosos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Explaining the origin of the 'field of the dead' legend». British History Online. Consultado em 20 de novembro de 2008 
  2. «Brief History of Lichfield». Local Histories. Consultado em 20 de novembro de 2008 
  3. «'Lichfield: From the Reformation to c.1800', A History of the County of Stafford: Volume 14: Lichfield (1990), pp. 14-24.». British History Online. Consultado em 22 de novembro de 2008 
  4. «New Friarsgate development gets delayed due to 'credit crunch'». icLichfield. Consultado em 20 de novembro de 2008 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Inglaterra é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.