Muzio Clementi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Muzio Clementi
Nome nativo Muzio Clementi
Nascimento 23 de janeiro de 1752
Morte 10 de março de 1832 (80 anos)
Evesham
Sepultamento Abadia de Westminster
Ocupação pianista, maestro, compositor, musicólogo, professor de música
Página oficial
http://www.clementisociety.com/

Muzio Clementi (Roma, 23 de janeiro de 1752Evesham, 10 de março de 1832) foi um músico italiano naturalizado britânico. Foi provavelmente o primeiro compositor a escrever peças dedicadas às possibilidades dinâmicas do então novo instrumento de teclas e cordas percutidas: o piano.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Clementi foi um grande desenvolvedor da moderna técnica pianística, fazendo uso dos exemplos das sonatas para cravo pré-românticas de Domenico Scarlatti e do estilo galante encontrado nas composições de Carl Philipp Emanuel Bach e de seu irmão mais novo, Johann Christian Bach, filhos de Johann Sebastian Bach. Por sua técnica virtuosística, Clementi exerceu influencia em compositores como Johann Baptist Cramer, Ignaz Moscheles, Frederic Kalkbrenner e Carl Czerny. Tanto sua técnica pianística quanto composicional foram estudadas por Ludwig van Beethoven, que o tinha em alta conta como compositor e pianista. Clementi admirava Beethoven, sendo o executante mais admirado de suas peças para piano e editor de suas composições no Reino Unido. Clementi também chegou a disputar um duelo pianístico frente ao imperador austríaco Joseph II, em 24 de dezembro de 1781, contra ninguém menos que Wolfgang Amadeus Mozart, que o considerou um mera "maravilha mecânica".

Em todo o século XIX as obras de Clementi voltadas ao desenvolvimento da técnica pianística, especialmente seu Gradus ad Parnassum, serviu de base a todas as produções do gênero.

Clementi foi diretor da Phillarmonic Societ em Londres. Fundou uma editora musical e uma firma de fabricação de pianos. Uma de suas obras mais famosas é a Sonatina em dó maior, Opus 36 número 2.

Foi sepultado na Abadia de Westminster.