Light Me Up

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Light Me Up
Álbum de estúdio de The Pretty Reckless
Lançamento 27 de agosto de 2010 (2010-08-27)
Gravação Agosto de 2009—abril de 2010
Gênero(s) Rock alternativo[1]
Duração 34:06
Idioma(s) (em inglês)
Formato(s)
Gravadora(s) Interscope Records
Produção Kato Khandwala
Cronologia de The Pretty Reckless
The Pretty Reckless
(2010)
Hit Me Like a Man
(2012)
Singles de Light Me Up
  1. "Make Me Wanna Die"
    Lançamento: 13 de junho de 2010 (2010-06-13)
  2. "Miss Nothing"
    Lançamento: 27 de julho de 2010 (2010-07-27)
  3. "Just Tonight"
    Lançamento: 23 de dezembro de 2010 (2010-12-23)
Críticas profissionais
Pontuações agregadas
Fonte Avaliação
Metacritic 74/100[2]
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
AllMusic 4 de 5 estrelas.[3]
Artistdirect 4.5 de 5 estrelas.[4]
Digital Spy 3 de 5 estrelas.[5]
Entertainment Weekly B−[6]
IGN 7.5/10[7]
Kerrang! 3/5[8]
The New York Times Positivo[9]
Virgin Media 3 de 5 estrelas.[10]

Light Me Up é o álbum de estreia da banda de rock americana The Pretty Reckless, integrada por Taylor Momsen, Ben Phillips, Mark Damon e Jamie Perkins, lançado em 27 de agosto de 2010 pela gravadora Interscope Records. Para divulgar o disco, a banda lançou três singles promocionais: "Make Me Wanna Die", "Miss Nothing" e Just Tonight".

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

O processo de gravação começou em 2008, depois que Momsen conheceu o produtor Khandwala Kato e seu parceiro e compositor Ben Phillips. No verão de 2009, eles sentiram que tinham encontrado um som autêntico.

Recepção da critíca[editar | editar código-fonte]

Após o lançamento, Light Me Up recebeu críticas positivas em geral dos críticos de música. No Metacritic, que atribui uma pontuação média ponderada de 100, às críticas dos críticos, o álbum recebeu uma pontuação média de 74, com base em cinco avaliações, o que indica "revisões geralmente favoráveis".[2]

Performance comercial[editar | editar código-fonte]

Light Me Up estreou no número 65 no Billboard 200, vendendo 9 mil cópias na primeira semana.[11] A partir de outubro de 2016, vendeu 132 mil cópias nos Estados Unidos.[12] O álbum estreou no número seis no UK Albums Chart, com 11.916 cópias vendidas, na primeira semana.[13] Em 22 de julho de 2013, o álbum foi certificado prata pela indústria fonográfica britânica (BPI), pelas vendas de 60.000 cópias.

Singles[editar | editar código-fonte]

"Make Me Wanna Die" O primeiro single do álbum foi lançado em 30 de março de 2010, nos Estados Unidos e 13 de maio de 2010, no Reino Unido. Um vídeo promocional foi lançado, que apresenta performances ao vivo e os bastidores da banda. Esse vídeo é uma versão viral e foi lançado em 13 de maio de 2010.

"Miss Nothing" O segundo single foi lançado em 23 de agosto de 2010 apenas no Reino Unido. O vídeo da música "Miss Nothing" foi lançado em 20 de julho de 2010. Essa canção foi a que mais fez sucesso do cd Light Me Up, de todos os singles lançados até agora.

"Just Tonight" é o terceiro single do álbum e foi lançado em 28 de outubro de 2010.

O vídeo da música "You" estreou no VEVO em 16 de Fevereiro de 2012, no entanto, não se tornou um single.

O vídeo de "My Medicine" estreou em 09 de Março de 2012, dando início à nova turnê da banda, chamada "The Medicine Tour".

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as canções foram escritas por Taylor Momsen, Kato Khandwala e Ben Phillips.

N.º Título Duração
1. "My Medicine"   3:14
2. "Since You're Gone"   2:41
3. "Make Me Wanna Die"   3:55
4. "Light Me Up"   3:27
5. "Just Tonight"   2:48
6. "Miss Nothing"   3:13
7. "Goin' Down"   3:35
8. "Nothing Left to Lose"   4:11
9. "Factory Girl"   3:31
10. "You"   3:32
Duração total:
34:06

Desempenho[editar | editar código-fonte]

Tabelas musicais (2010 - 2011) Maior
posição
 Estados Unidos - Billboard 200[18]
65
 Estados Unidos - Top Rock Albums[18]
18
 França - French Albums Chart[19]
167
 Irlanda - Irish Albums Chart[20]
18
 Reino Unido - UK Albums Chart[20]
6
 Reino Unido - UK Rock Chart[21]
1

Créditos[editar | editar código-fonte]

Créditos adaptados das notas das faixas de Light Me Up.[22]

The Pretty Reckless
Músicos adicionais

Referências

  1. Hyman, Dan (29 de Novembro de 2011). «The Pretty Reckless Confront Tragedy on 'Going to Hell'». Rolling Stone. Wenner Media. Consultado em 29 de Novembro de 2011 
  2. a b «Light Me Up – The Pretty Reckless». Metacritic.CBS Interactive. Consultado em 29 de Novembro de 2011 
  3. Eremenko, Alexey. «Light Me Up – The Pretty Reckless». AllMusic. All Media Network. Consultado em 29 de Novembro de 2011 
  4. Florino, Rick (29 de Novembro de 2011). «The Pretty Reckless "Light Me Up" Review — 4.5 out of 5 Stars». Artistdirect. Consultado em 29 de Novembro de 2011 
  5. Nissim, Mayer (29 de Novembro de 2011). «The Pretty Reckless: 'Light Me Up'». Digital Spy. Consultado em 29 de Novembro de 2011 
  6. Greenblatt, Leah (29 de Novembro de 2011). «Light Me Up». Entertainment Weekly. Time. Consultado em 29 de Novembro de 2011 
  7. Grischow, Chad (29 de Novembro de 2011). «The Pretty Reckless: Light Me Up Review». IGN. Consultado em 29 de Novembro de 2011 
  8. Longbottom, John (29 de Novembro de 2011). «The Pretty Reckless: Light Me Up». Kerrang! (1327): 54 
  9. Caramanica, Jon (29 de Novembro de 2011). «Rowdy Muscularity and Sweet Harmonies». The New York Times. Consultado em 29 de Novembro de 2011 
  10. Gittins, Ian. «The Pretty Reckless: Light Me Up». Virgin Media. Consultado em 29 de Novembro de 2011 
  11. Caulfield, Keith (29 de Novembro de 2011). «'Frozen' Earns Its Biggest Sales Week Yet, Tops Billboard 200 a Seventh Time». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 29 de Novembro de 2011 
  12. Rutherford, Kevin (29 de Novembro de 2011). «The Pretty Reckless Sets Mainstream Rock Songs Record With New No. 1». Billboard. Consultado em 29 de Novembro de 2011 
  13. Jones, Alan (29 de Novembro de 2011). «Teenage Dream too hard for Eminem to beat – but Murs triumphs on singles». Music Week. Intent Media. Consultado em 29 de Novembro de 2011. Cópia arquivada em 29 de Novembro de 2011 
  14. «Light Me Up by The Pretty Reckless». iTunes Store (GB). Apple. Consultado em 29 de Novembro de 2011 
  15. ライト・ミー・アップ [Light Me Up] (em Japanese). Universal Music Japan. Consultado em 29 de Novembro de 2011 
  16. «Light Me Up [Bonus Track] – The Pretty Reckless». AllMusic. All Media Network. Consultado em 29 de Novembro de 2011 
  17. «Light Me Up by The Pretty Reckless». HMV Canada. Consultado em 29 de Novembro de 2011 
  18. a b «Light Me Up - The Pretty Reckless». Billboard. Consultado em 29 de Novembro de 2011 
  19. «The Pretty Reckless - Light Me Up». Les Charts. Consultado em 29 de Novembro de 2011 
  20. a b «Pretty Reckless - Light Me Up». aCharts.us. Consultado em 29 de Novembro de 2011 
  21. «The Pretty Reckless Announce US Headline Tour in Support Of Debut CD, Light Me Up». Universal Music. Consultado em 29 de Novembro de 2011 
  22. Light Me Up (CD liner notes). Interscope Records. 2011. B0015304-02 
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.