Lista de soberanos da Toscana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou se(c)ção:

Marqueses da Toscana (812 – 1197)[editar | editar código-fonte]

  • Bonifácio da Toscânia. Os membros desta linhagem eram originalmente Condes de Luca, que sobrepuseram o seu poder sobre os condados vizinhos.

Casa de Bonifácio[editar | editar código-fonte]

Casa de Arles[editar | editar código-fonte]

Os membros desta linhagem eram parentes de Hugo de Arles, rei de Itália.

Casa de Bonifácio (Restaurada)[editar | editar código-fonte]

Não-Dinástica[editar | editar código-fonte]

Casa de Canosa[editar | editar código-fonte]

Os membros desta linhagem eram descendentes dos Condes de Canosa.

Não-Dinásticos[editar | editar código-fonte]

Desde 1197 até 1434 Florença viu-se dividida politicamente entre as famílias que formavam as facções dos Guelfos e Gibelinos.

Senhores de Florença - Dinastia de Médici (14341531)[editar | editar código-fonte]

Escudo de armas dos Médicis

Duques de Florença - Dinastia de Médici (15311569)[editar | editar código-fonte]

Grão-Duques da Toscana - Dinastia de Médici (15691737)[editar | editar código-fonte]

Escudo de armas dos Médici, como Grão-Duques da Toscana

Grão-Duques da Toscana - Dinastia de Habsburgo-Lorena (17371801)[editar | editar código-fonte]

Armas dos Habsburgo-Lorena, Grão-duques da Toscana

Reis da Etrúria - Dinastia de Bourbón-Parma (18011807)[editar | editar código-fonte]

Anexação Francesa (1807-1814)[editar | editar código-fonte]

Brasão de Elisa Bonaparte como Grã-duquesa honorária da Toscana.

A Toscana foi anexada ao Império Francês. A Elisa Bonaparte, irmã de Napoleão, foi atribuído o título honorário de Grã-Duquesa da Toscana, embora não tenha efectivamente governado a região.

Grão-Duques da Toscana - Dinastia de Habsburgo-Lorena (18141860)[editar | editar código-fonte]

O Grão-Ducado da Toscana foi anexado ao Reino de Sardenha em 1860, vindo a fazer depois parte do Reino de Itália.