Joana de Áustria, Grã-Duquesa da Toscana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Joana de Habsburgo, arquiduquesa de Áustria e grã-duquesa consorte de Toscana em1570.

Joana de Habsburgo (Praga, 24 de janeiro de 1547Florença, 11 de abril de 1578). Arquiduquesa de Áustria. Era a mais nova dos 15 filhos do imperador Fernando I e de Ana de Bohemia e Hungria, sendo a irmã mais nova do futuro imperador Maximiliano II. Uma de suas filhas foi a famosa Maria de Médici, rainha consorte da França.

Nascimento[editar | editar código-fonte]

Joanna nasceu em Praga, no dia 24 de janeiro de 1547. Praticamente não conheceu sua mãe, pois esta morreu três dias ápos seu nascimento.

Casamento[editar | editar código-fonte]

Em 15 de dezembro de 1565 se casou com o grão-duque Francisco I de Médici (15411587), da Casa de Medicis, em Florença, depois que ela chegou solenemente na cidade pela Porta al Prato. Giorgio Vasari e Vincenzo Borghini, com a ajuda de Giovanni Caccini fizeram uma grande festa para estes eventos.

No entanto, Joana tinha saudades de casa e sentia-se infeliz. Ignorada pelo marido, e desprezada pelos florentinos por sua altivez austríaca, ela nunca se sentiu em casa em Florença.

Seu sogro, Cosmo I de Médici, decorou o pátio do Palazzo Vecchio especialmente para ela.

A posição de Joana na corte de Florença foi durante a maior parte de seu casamento, difícil: entre 1566 e 1575, ela deu à luz seis filhas, das quais apenas três sobreviveram à infância. A ausência de um herdeiro para continuar a dinastia foi a causa do constante conflito com o marido, que preferia a companhia e o amor de sua amante Bianca Capello, que deu à luz um filho, Antonio, em 1576 .

Finalmente, em 1577, Joanna deu à luz o tão esperado herdeiro, Filippo batizado em homenagem ao Rei Filipe II de Espanha, primo de Joana. O nascimento foi comemorado com muita alegria por toda a corte, porque estava assegurada a sucessão do Grão-Ducado, e eliminou todas as esperanças de Bianca Capello ver seu filho Antonio como herdeiro da Toscana.

Morte[editar | editar código-fonte]

Em 10 de Abril de 1578, Joanna - grávida de seu oitavo filho - caiu da escada no Grand Ducal Palace, em Florença. Algumas horas depois, ela deu à luz um filho, que, nascido prematuramente, morreu imediatamente. Ela morreu no dia seguinte, em 11 de abril. Francesco posteriormente se casou com sua amante, Bianca Cappello.

As circunstâncias misteriosas em torno deste acidente, levantaram boatos de que seu marido e a amante deste assassinaram Joana, para que eles pudessem se casar.

Filhos[editar | editar código-fonte]

De seu casamento, com Francisco I de Médici, nasceram oito filhos: