Maria Luísa de Áustria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Maria Luísa
Arquiduquesa da Áustria
Retrato por François Gérard, 1812
Imperatriz Consorte dos Franceses
Reinado 1 de abril de 1810
a 10 de junho de 1814
Predecessora Josefina de Beauharnais
Sucessora Maria Teresa Carlota de França
(Rainha Consorte da França)
Rainha Consorte da Itália
Reinado 1 de abril de 1810
a 6 de abril de 1814
Predecessora Josefina de Beauharnais
Sucessora Margarida de Saboia
Duquesa de Parma, Placência e Guastalla
Reinado 11 de abril de 1814
a 17 de dezembro de 1847
Predecessor Jean-Jacques-Régis de Cambacérès
(Parma)
Charles-François Lebrun
(Placência)
Paulina Bonaparte
(Guastalla)
Sucessor Carlos II de Parma
 
Marido Napoleão Bonaparte
Descendência Napoleão II de França
Casa Habsbugo-Lorena
Bonaparte
Nome completo
em alemão: Maria Ludovica Leopoldina Franziska Therese Josepha Lucia
em português: Maria Luísa Leopoldina Francisca Teresa Josefa Lúcia
Nascimento 12 de dezembro de 1791
Palácio Imperial de Hofburg, Viena, Áustria
Morte 17 de dezembro de 1847 (56 anos)
Parma, Parma e Placência
Sepultamento Cripta Imperial de Viena, Viena, Áustria
Pai Francisco II do Sacro Império Romano-Germânico
Mãe Maria Teresa de Nápoles e Sicília
Brasão


Maria Luísa de Áustria ou Maria Luísa da França (Viena, 12 de dezembro de 1791 - Parma, 17 de dezembro de 1847), foi a segunda esposa e consorte de Napoleão Bonaparte. Filha do imperador Francisco I e de Maria Teresa da Sicília, casou-se com Napoleão, que não tivera de Josefina um herdeiro para seu trono, e se tornou Imperatriz da França e Rainha da Itália.

Família[editar | editar código-fonte]

Maria Luísa nasceu no Palácio Imperial de Hofburg, em Viena. Era bisneta de Maria Teresa da Áustria e, portanto, sobrinha-neta de Maria Antonieta. Pelo lado paterno, era neta do imperador Leopoldo II.

Ela era irmã de D. Maria Leopoldina de Áustria (1797-1826), que se casaria com D. Pedro I imperador do Brasil.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Maria Luísa casou-se com Napoleão Bonaparte em 11 de março de 1810, quando tinha 18 anos de idade. Seu pai tinha a intenção de aproximar as relações políticas entre o Império Austríaco e o Império Francês através da união matrimonial. Napoleão, por sua vez, via na Casa de Habsburgo, uma tradicional casa real, uma chance de validar seu poder na Europa.

O casamento foi realizado em Viena por procuração em 11 de março de 1810 e em pessoa em St. Cloud o civil e no Louvre o religioso, em 2 de abril de 1810. Tiveram apenas um filho, Napoleão II.

Quando Napoleão foi exilado para a ilha de Elba, Maria Luísa e o filho mudaram-se para a Áustria mas Maria Luísa conservou o título de Imperatriz dos Franceses.

Forçada a se afastar do filho, tornou-se Duquesa de Parma, Placência e Guastalla de 1814 a 1847. Deixou o filho em Viena e se mudou para Parma com seu ajudante de ordens, o general conde Adão Adalberto de Neipperg, do qual teve vários filhos, casando-se com ele em Parma secretamente, em 1821 ou 1822, depois da morte de Napoleão.

Ao enviuvar de Neipperg em 1829, ainda se casou em terceiras núpcias, de novo secretamente, com Carlos Renato (Charles René), conde de Bombelles, nascido em Paris em 1785 e morto em 1856, de família italiana estabelecida na França desde o século XVI e na Áustria desde o século XVIII. Grão-Mestre de cerimônias da corte austríaca, era filho do Marquês de Bombelles e de Angelique de Mackau, e viúvo de Mlle. de Cavanagh, de quem tivera dois filhos. Ao enviuvar, o imperador o nomeou Grão-Mestre. Seguiu-o em sua abdicação para Praga em 1855.

Descendência[editar | editar código-fonte]

  1. Napoleão II de França (1811 – 1832), em 1818 feito duque de Reichstadt.
  2. Albertina di Montenuovo (Parma, 1.º de maio de 1817 – Castel di Fontanellato, 1867); casada em Parma em 183] com Luigi San Vitale (Parma, 1799 – Parma, 1876), conde di Fontanellato.
  3. Filha (1821 – 1822)
  4. Guilherme Alberto (Salagrande, Parma, 8 de agosto de 1819 – Viena, 6 de abril de 1895), conde de Montenuovo, feito pelo imperador Francisco José I em 20 de agosto de 1864 Fürst von Montenuovo. Casou-se em Viena, em 1850, com Estefânia Juliana de Batthyani-Strattman (1827 – 1871), Condessa Batthyány von Némét-Ujvár
- Albertina, casada em 1873 com o conde Sigismundo Wielopolski.
- Alfredo, casado em 1879 com a princesa Francisca de Kinsky de Wchynitz e Tettan.
- Maria Sofia, casada em 1878 com o conde Antônio d'Apponyi, húngaro.
Precedido por
Josefina de Beauharnais
Imperatriz consorte dos Franceses
Blason de Marie-Louise d'Autriche, Impératrice des Français.svg

1 de abril de 1810 - 10 de junho de 1814
Sucedido por
Maria Teresa Carlota de França
Precedido por
Jean-Jacques-Régis de Cambacérès (Parma)
Charles-François Lebrun (Placência)
Paulina Bonaparte (Guastalla)
Duquesa de Parma, Placência e Guastalla
Coat of arms of the Duchy of Parma under Maria Luigia of Austria.svg

11 de abril de 1814 - 17 de dezembro de 1847
Sucedido por
Carlos II de Parma (Parma e Placência)
Francisco V de Módena (Guastalla)



O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Maria Luísa de Áustria