Hortênsia de Beauharnais

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hortênsia
Rainha da Holanda e Duquesa de Saint-Leu
Retrato por François Gérard
Rainha Consorte da Holanda
Reinado 6 de fevereiro de 1685
a 11 de dezembro de 1688
Sucessora Guilhermina da Prússia
 
Marido Luís I da Holanda
Descendência Napoleão Carlos Bonaparte, Príncipe Real
Luís II da Holanda
Napoleão III de França
Charles de Morny, 1.º Duque de Morny
Casa Beauharnais (por nascimento)
Bonaparte (por casamento)
Nome completo
Hortênsia Eugênia Cecília
Nascimento 10 de abril de 1783
  Paris, França
Morte 5 de outubro de 1837 (54 anos)
  Arenenberg, Turgóvia, Suíça
Enterro Igreja de Saint-Pierre-Saint Paul, Rueil-Malmaison, França
Pai Alexandre de Beauharnais
Mãe Josefina Tascher de La Pagerie
Religião Catolicismo

Hortênsia Eugênia Cecília de Beauharnais (Paris, 10 de abril de 1783 — Arenenberg, 5 de outubro de 1837) foi esposa de Luís I da Holanda e rainha consorte da Holanda de 1806 até 1810. Era filha do visconde Alexandre de Beauharnais e de sua esposa Josefina Tascher de La Pagerie, e mãe do imperador Napoleão III de França.

Seu pai, o visconde de Beauharnais, foi executado em 1794 durante o Período do Terror da Revolução Francesa. Dois anos depois, sua mãe, casou-se com Napoleão Bonaparte. Em 1802, Hortênsia desposa, Luís Bonaparte, irmão mais novo de Napoleão. Hortênsia, que se opunha ao casamento, foi persuadida pela mãe a casar com Luís pelo bem da família.

Napoleão elege seu irmão rei da Holanda em 1806, e, Hortênsia acompanha seu marido para Haia, apesar do relacionamento do casal estar abalado, após uma série rumores que questionavam a paternidade de Luís sobre um dos seus filhos com Hortênsia. Em 1810, Luís foi forçado a abdicar ao trono da Holanda, mudando-se para a Alemanha, enquanto que Hortênsia retorna com seus filhos para a França.

Durante sua estadia na França, Hortênsia teve um caso amoroso com o conde de Flahaut, de quem engravida, é, então enviada a Suíça, onde dá à luz um menino, que mais tarde seria intitulado duque de Morny pelo imperador Napoleão III.

Em 1814, após a Restauração francesa, Hortênsia recebe proteção do czar Alexandre I da Rússia, e, a seu pedido, é nomeada duquesa de Saint-Leu pelo rei Luís XVIII. Durante o Governo dos Cem Dias, Hortênsia apoiou Napoleão, o que levou a sua expulsão da França após a queda do regime. Viajou pela Alemanha e pela Itália antes de adquirir a Mansão de Arenenberg, no cantão de Turgóvia na Suíça, em 1817. Ali morou até a sua morte, em outubro de 1837. Foi enterrada ao lado de sua mãe, Josefina, na Igreja de Saint-Pierre-Saint Paul em Rueil-Malmaison.

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Hortênsia de Beauharnais


Hortênsia de Beauharnais
Casa de Beauharnais
10 de abril de 1783 – 5 de outubro de 1837
Título criado Grandes Armes Hortense de Beauharnais.svg
Rainha Consorte da Holanda
5 de junho de 1806 – 1 de julho de 1810
Sucedida por
Guilhermina da Prússia


Ícone de esboço Este artigo sobre uma Rainha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.