Bárbara de Habsburgo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde setembro de 2015). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Bárbara de Habsburgo
Arquiduquesa da Áustria
Francesco Terzio 005.jpg
Retrato de 1565 por Francesco Terzi, presente no Museu de História da Arte em Viena.
Duquesa consorte de Ferrara, Módena e Régio
Reinado 5 de dezembro de 156519 de setembro de 1572
Consorte Hércules II d'Este
 
Casa Habsburgo (por nascimento)
Este (por casamento)
Nascimento 30 de abril de 1539
  Viena, Arquiducado da Áustria
Morte 19 de setembro de 1572 (33 anos)
  Ferrara, Ducado de Ferrara
Filho(s) (sem geração)
Pai Fernando I do Sacro Império Romano-Germânico
Mãe Ana da Boêmia e Hungria[1]

Bárbara de Habsburgo ou Bárbara de Áustria (em alemão: Barbara von Habsburg , em italiano:Barbara d’Austria; Viena, 30 de abril de 1539Ferrara, 19 de setembro de 1572) era filha de Fernando I do Sacro Império Romano-Germânico e de Ana da Boêmia e Hungria.

Foi a esposa do duque de Ferrara e de Módena, Afonso II d'Este, e faleceu, já viúva, em Ferrara.[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Bárbara era um dos 15 filhos nascidos do casamento do imperador Fernando I de Habsburgo e de Ana Jagelão, herdeira do Reino da Boêmia e do Reino da Hungria.

A partir de 1547, viveu em Innsbruck onde, juntamente com as suas irmãs Madalena, Margarida, Helena e Joana, recebeu uma educação profundamente religiosa.

Apesar de Bárbara ser vista como uma mulher simples, diversas propostas de casamento foram feitas dadas as suas relações familiares com a família Imperial e com a casa real de Espanha. Em 1565 o seu casamento com Afonso II d'Este, Duque de Ferrara e Duque de Módena, foi celebrado com grande esplendor. Foi um casamento feliz mas permaneceu sem geração.

Torquato Tasso que, em 1565, fora chamado à corte de Ferrara, dedicou-lhe alguns sonetos.

Em 1570 e 1571, após um tremor de terra, usou os rendimentos pessoais para apoiar jovens orfãs. Fundou o Conservatore delle orfane di Santa Barbara, instituição muito apreciado pela população de Ferrara. Era uma mulher com contactos frequentes com os Jesuítas mas também manteve uma relação próxima com a sua sogra protestante, Renata de França, filha de Luís XII de França.

Estando doente desde 1566, acabou por falecer, aos 33 anos, com tuberculose em 19 de setembro de 1572.

Ascendência[editar | editar código-fonte]

Precedida por:
Lucrécia de Médici
Duquesa consorte de Ferrara, Módena e Régio
5 de dezembro de 156519 de setembro de 1572
Sucedida por:
Margarida Gonzaga

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. também conhecida por Ana Jagelão, ver em http://brigittegastelancestry.com/royal/bio/annahungarybio1503.html
  2. De acordo com http://genealogy.euweb.cz/habsburg/habsburg4.html, Bárbara faleceu em Ferrara)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • (em alemão) Constantin Wurzbach, Biographisches Lexikon des Kaisertums Österreich, Viena, 1860, Vol. VI, p. 161 (versão online)
  • (em alemão) Brigitte Hamann, Die Habsburger: ein biographisches Lexikon, Piper, 1988
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Bárbara de Habsburgo