Constança de Arles

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Constança de Arles
Rainha dos Francos
Reinado 100120 de julho de 1031
Predecessor Berta da Borgonha
Sucessor Matilde da Frísia
Duquesa da Borgonha
Reinado 10041016
Predecessor Hélia de Semur
Sucessor Ermentruda de Roucy
Cônjuge Roberto II de França
Descendência
Hugo Magno de França
Henrique I de França
Adélia da França, condessa de Flandres
Roberto I, Duque da Borgonha
Casa Casa de Capeto(por casamento)
Pai Guilherme I da Provença
Mãe Adelaide Branca de Anjou
Nascimento 986
Arles, França
Morte 22/25 de julho de 1032
Melun, França
Enterro Basílica de Saint-Denis, Paris, França


Constança de Arles ou Constança da Provença (c. 986 - 22 ou 25 de Julho de 1032), foi rainha consorte de França, casada com Roberto II de França. Era filha de Adelaide-Branca de Anjou (m. 1026) e de Guilherme I da Provença e Arles (c. 950-993).

Em 1003, casou-se com Roberto II o Pio depois de este ser obrigado a se separar de Berta da Borgonha. Na verdade o rei de França vivia em concubinato com Berta depois de ter repudiado a sua primeira esposa Rosália de Ivrea em 996. Os papas Gregório V e Silvestre II tinham declarado essa união ilegal e ameaçado os amantes de excomunhão. Como, aos 29 anos de idade, dessa união só tivesse nascido um nado-morto, Roberto acabou por ceder à anulação do matrimônio em 1003 e por se casar com Constança de Arles.

No entanto, Constança foi pouco amada na corte devido à influência provençal que a acompanhou e às suas intrigas e crueldade — ela mesma mandou acusar o seu |confessor de heresia — e Roberto tentou repudiá-la várias vezes para voltar a casar com Berta da Borgonha, que nunca deixara de amar e de ver. Deste modo a corte desenvolveu duas facções: a de Constança e a de Berta, mas a legítima rainha daria os herdeiros necessários ao reino:

Hugo de Beauvais tentou convencer o rei a repudiar Constança em 1007. A resposta desta foi mandar os cavaleiros de Fulque III, conde de Anjou assassinar o nobre. Em 1008 Roberto deslocou-se a Roma, acompanhado de Berta, para obter permissão para se separar da esposa e casar-se com a sua amada. Constança encorajou os seus filhos a revoltarem-se contra o pai.

A pedido de Constança, o seu filho mais velho Hugo Magno foi coroado rei em 1017, subordinado ao pai, conforme o costume dos primeiros capetianos. Hugo exigiu que o seu pai partilhasse o poder com ele e como aquele não cedesse, rebelou-se em 1025. Morreu subitamente nesse mesmo ano, exilado e fugitivo.

O casal real discordava sobre qual dos dois filhos sobreviventes deveria herdar o trono, mas entretanto a rainha apoiou a rebelião de ambos contra o rei, com Roberto a tomar o ducado da Borgonha e Henrique a tomar Dreux. O rei Roberto II acabaria por ceder aos filhos e conseguiu uma paz até ao fim do seu reinado.

Era conhecida a sua preferência em ver o filho Roberto suceder ao seu marido, mas este último escolheu Henrique, que seria coroado em 1027. Fulberto, bispo de Chartres, escreveu uma carta declarando ter sido "intimidado" a não comparecer à consagração de Henrique "pela selvajaria da sua mãe, em quem se deve acreditar quando promete fazer mal."

Aquando da morte do rei, reteve as terras que eram suas por dote e chegou a tentar assassinar o seu filho Henrique, mas a tentativa fracassou e este subiu ao trono. Depois de fugir para a Normandia, o novo rei negociou uma ajuda, armas e homens com o irmão, que conseguiu pressioná-lo a ceder o ducado da Borgonha. Voltou para cercar a mãe em Poissy, mas esta escapou para Pontoise e só se rendeu quando Henrique cercou Puiset e ameaçou assassinar todos os seus habitantes.

Afastada da corte, Constança faleceu em Melun aos 49 anos de idade, a 22 ou 25 de Julho de 1032. Foi sepultada junto ao esposo na igreja da abadia real de Saint-Denis.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • A missing Capetian princess: Advisa, daughter of King Robert II of France, W. Scott Jessee, Medieval Prosopography, 1990
  • Capetian Women, Kathleen D. Nolan, 2003.
  • The Birth of Popular Heresy, R.I. Moore, 1975.
  • Ancestral Roots of Certain American Colonists Who Came to America Before 1700, Frederick Lewis Weis, Linhas 53-21, 101-21, 107-20, 108-21, 128-21, 141-21, 141A-21, 185-2.
  • Genealogia dos condes da Provença (em inglês)
  • Genealogia dos Capetianos (em inglês)
Precedida por:
Berta da Borgonha
France Ancient.svg
Rainha de França

100320 de julho de 1031
Sucedida por:
Matilde da Frísia
Precedida por:
Ermentruda de Roucy
Old Arms of the Dukes of Burgundy.svg
Duquesa da Borgonha

10041016
Sucedida por:
Hélia de Semur