Maria Cristina de Bourbon-Duas Sicílias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Maria Cristina
Princesa das Duas Sicílias
Arquiduquesa da Áustria
Princesa da Toscana
Marido Pedro Fernando da Áustria-Toscana
Descendência Gottfried
Helena
Jorge
Rosa Maria
Casa Bourbon-Duas Sicílias (por nascimento)
Habsburgo-Lorena (por casamento)
Nome completo Maria Cristina Carolina Pia Carmela Josefa Antônia Ana Luitgarda Esperança Lúcia Catarina Apolônia Cecília Agata de Bourbon-Duas Sicílias
Nascimento 10 de abril de 1877
  Cannes França
Morte 4 de outubro de 1947 (70 anos)
  Sankt Gilgen, Áustria
Pai Afonso das Duas Sicílias, Conde de Caserta
Mãe Maria Antonieta das Duas Sicílias
Religião Catolicismo

Maria Cristina de Bourbon Duas Sicílias (em Italiano: Maria Cristina Carolina Pia Carmela Giuseppa Antonia Antonia Caterina Apollonia Caterina Apollonia Cecilia Agata di Borbone-Due Sicilie; Cannes, 10 de abril de 1877Sankt Gilgen, 4 de outubro de 1947), foi uma princesa das Duas Sicílias, filha do príncipe Afonso, Conde de Caserta e da princesa Maria Antonieta das Duas Sicílias.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Família[editar | editar código-fonte]

Maria Cristina nasceu no dia 10 de abril de 1877, em Cannes. Foi o quinto filho e a segunda menina do príncipe Afonso das Duas Sicílias, Conde de Caserta, e de sua esposa e prima, a princesa Maria Antonieta das Duas Sicílias. Ela tinha uma irmã mais velha, Maria Imaculada, e irmãos, Fernando Pio e Carlos. Outro irmão morreu antes de ela nascer. Posteriormente, a família foi reabastecida com sete filhos mais novos.[2]

Casamento e descendência[editar | editar código-fonte]

Maria Cristina casou-se aos 23 anos, com o arquiduque Pedro Fernando da Áustria-Toscana, de 26 anos, filho do Grão-Duque Fernando IV da Toscana e da princesa Alice de Bourbon-Parma. O casamento aconteceu no dia 8 de novembro de 1900 em Cannes. Os recém-casados ​​se estabeleceram em Linz e, em 1907, mudaram-se para Viena. Eles tiveram quatro filhos:[3]

A princesa Maria Cristina, com seu marido o arquiduque Pedro Fernando e seus filhos
  • Gottfried da Áustria-Toscana (14 de março de 1902 - 21 de janeiro de 1984), casou-se com a princesa Dorotéia da Baviera, filha do príncipe Francisco da Baviera e da princesa Isabel Antônia de Croÿ, com descendência;
  • Helena da Áustria-Toscana (30 de outubro de 1903 –8 de setembro de 1924), casou-se com o Duque Filipe Alberto de Württemberg, morreu uma semana após o parto, uma filha;
  • Jorge da Áustria-Toscana (22 de agosto de 1905 - 21 de março de 1952), casou-se com a condessa Maria Valeria de Waldburg-Zeil-Hohenems, bisneta do imperador Francisco José I da Áustria, com descendência;
  • Rosa da Áustria-Toscana (22 de setembro de 1906 - 17 de setembro de 1983), casou-se com o viúvo de sua irmã, o Duque Filipe Alberto de Württemberg, com descendência.

Após a Primeira Guerra Mundial, a família foi forçada a deixar a Áustria e se mudar para a Suíça, onde morava em Lucerna. Em 1921, após o casamento morganático de seu irmão mais velho, Pedro Fernando tornou-se o Grão-Duque titular da Toscana e Maria Cristina - Grã-Duquesa-Consorte.[4]

Em meados da década de 1930, eles voltaram para a Áustria com a chegada ao poder de Kurt Shushnig.[5]

Morte[editar | editar código-fonte]

Maria Cristina morreu em 4 de outubro de 1947 em Sankt Gilgen. Ela foi enterrada no cemitério local.

Títulos[editar | editar código-fonte]

  • 10 de abril de 1877 – 8 de novembro de 1900: "Sua Alteza Real, a Princesa Maria Cristina das Duas Sicílias"
  • 8 de nobembro de 1900 – 4 de outubro de 1947: "Sua Alteza Imperial e Real, a Arquiduquesa Maria Cristina da Áustria, Princesa da Hungria, Boêmia e Toscana, Princesa das Duas Sicílias"

Nota[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Almanach de Gotha : contenant diverses connaissances curieuses et utiles pour l'année ...». Gallica (em francês). 1910. Consultado em 25 de novembro de 2021 
  2. «Person Page». thepeerage.com. Consultado em 25 de novembro de 2021 
  3. Heimann, Heinz-Dieter (2016). «I. Die Habsburger im Maßstab europäischer Dynastien». Verlag C.H.BECK oHG: 13–21. Consultado em 25 de novembro de 2021 
  4. «Two Sicilies». web.archive.org. 28 de abril de 2009. Consultado em 25 de novembro de 2021 
  5. «Maria Cristina, Princess of The Two Sicilies : Genealogics». www.genealogics.org. Consultado em 25 de novembro de 2021