Lucas Oil Stadium

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lucas Oil Stadium
LucasOil.JPG
Nome Lucas Oil Stadium
Características
Local Indianápolis
 Indiana
 Estados Unidos
Gramado Artificial
Capacidade 63 000
Construção
Custo US$ 720 milhões
Inauguração
Data 14 de agosto de 2008 (7 anos)
Partida inaugural Indianapolis Colts x Chicago Bears
Outras informações
Proprietário Indiana Stadium, Convention Building Authority e Indianapolis Colts
Mandante Indianapolis Colts
Interior do Lucas Oil Stadium.

O Lucas Oil Stadium é um recente estádio, inaugurado em 2008, de futebol americano, localizado na cidade de Indianápolis no estado americano do Indiana, e substitui o antigo estádio RCA Dome, situado na mesma cidade. O estádio é utilizado pela equipe dos Indianapolis Colts.[1]

A capacidade do estádio para jogos de futebol americano é de 63.000 lugares, mais 5.000 que o antigo RCA Dome. O estádio, quando for o estádio organizador do Super Bowl, poderá ter uma capacidade total de 70.000 lugares. Na configuração de basquetebol vai exceder os 70.000 lugares, que é a capacidade mínima para orgazinar a final da NCAA Final Four. Ao contrário de muitos dos estádio que recebem os jogos de basquetebol, no Lucas Oil Stadium, o campo é colocado no meio do estádio, e não numa das suas pontas.

O estádio tem dois grandes telões de alta-definição da empresa Daktronics, cada um com 30m de largura e 16m de Altura, que estão nos cantos noroeste e sudeste do estádio. Outra das grandes obras de engenharia do estádio é o seu teto, que tanto pode estar aberto, como pode também fechar-se. Desenhado pela Uni-Systems, este tecto consiste em duas "portas" que se abrem e fecham, e que pesam 3.18 milhões de toneladas.[2]

O início da construção do estádio teve lugar no dia 20 de setembro de 2005, e o seu custo foi de 720 milhões de dólares. O estádio foi financiado pelo Estado do Indiana e pela cidade de Indianápolis. Os Indianapolis Colts participaram com 100 milhões de dólares. O Condado de Marion aumentou as taxas da comida, bebidas, entre outros para suportar os custos do estádio.

Referências

  1. "The Lucas Oil Stadium". Página acessada em 26 de junho de 2013.
  2. Lucas Oil Stadium A2SO4. Visitado em 10 de janeiro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]