U.S. Bank Stadium

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
U.S. Bank Stadium
US Bank Stadium Logo.png
US Bank Stadium - West Facade.jpg
A fachada oeste do estádio.
Nome U.S. Bank Stadium
Características
Local Minneapolis, Minnesota
 Estados Unidos
Capacidade 66 200 (expandido para 73 000 para Super Bowls)[1][2]
Construção
Data 3 de dezembro de 2013[3]
Custo US$ 1,061 bilhões de dólares[4]
Inauguração
Data 22 de julho de 2016
Outras informações
Proprietário Minnesota Sports Facilities Authority
Administrador SMG
Arquiteto HKS, Inc.
Vikings Stadium Consortium[5]
Mandante Minnesota Vikings (NFL) (2016-presente)

O U.S. Bank Stadium é o estádio de futebol americano no centro da cidade de Minneapolis, Minnesota, nos Estados Unidos. Ele foi construído para servir como a nova casa do Minnesota Vikings da National Football League (NFL) a partir de 2016.[6]

Os Vikings jogaram no antigo Hubert H. Humphrey Metrodome de 1982 até 2013 e antes disso no Metropolitan Stadium em Bloomington, Minnesota de 1961 a 1981. Nas temporadas de 2014 e 2015, os Vikings jogaram no TCF Bank Stadium, no campus da Universidade de Minnesota enquanto o novo estádio era construído. Em 17 de junho de 2016, a construção do U.S. Bank Stadium foi completada pela empresa Mortenson Construction. Então a autoridade para ocupar e usar o estádio foi dada aos Vikings e a Minnesota Sports Facilities Authority. O estádio foi oficialmente completado seis semanas antes da cerimônia de cortar o laço da inauguração do campo, que aconteceu em 22 de julho de 2016. Os Vikings jogarão seu primeiro jogo de temporada regular no U.S. Bank Stadium em 18 de setembro de 2016 contra o Green Bay Packers no NBC Sunday Night Football.[7]

É o primeiro estádio de teto fixo construído para um time da NFL desde Ford Field, lar do Detroit Lions, aberto em 2002. Em março de 2015, o orçamento estimado para a construção do U.S. Bank Stadium é estimado em US$ 1,061 bilhões de dólares, dos quais US$ 348 milhões vieram do governo do estado de Minnesota, US$ 150 milhões vieram da prefeitura da cidade de Minneapolis e US$ 551 milhões foram pagos pelo próprio time ou por contribuintes privados.[4]

O estádio deverá sediar o Super Bowl LII em 4 de fevereiro de 2018,[8] além do ESPN X Games em 2017 e 2018 e o NCAA Final Four de 2019. Em 15 de junho de 2015, os Vikings anunciaram oficialmente que o U.S. Bank havia adquirido os naming rights para o estádio.[9] O acordo envolveu um pagamento de US$ 220 milhões de dólares por 25 anos.[10]

Fotos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Stadiums by the Numbers». Minnesota Vikings. Consultado em 17 de agosto de 2016 
  2. Newcomb, Tim (21 de janeiro de 2016). «The Roof That Isn't There». Popular Mechanics. Consultado em 17 de agosto de 2016 
  3. Meryhew, Richard; Walsh, Paul (3 de dezembro de 2013). «Vikings Ceremonially Break Ground on New Stadium». Star Tribune. Minneapolis. Consultado em 13 de dezembro de 2013 
  4. a b «Wilfs pledge $19.5M more to stadium». ESPN. Consultado em 27 de março de 2015 
  5. DePass, Dee (18 de janeiro de 2013). «Vikings Stadium Engineering Firms Reflect Diversity». Star Tribune. Minneapolis. Consultado em 24 de agosto de 2016 
  6. "Vikings Fans, Players Marvel At U.S. Bank Stadium". Página acessada em 23 de agosto de 2016.
  7. "History of the Minnesota Vikings". Página acessada em 23 de agosto de 2016.
  8. Patra, Kevin (20 de maio de 2014). «Super Bowl LII Headed to Minnesota». National Football League. Consultado em 23 de agosto de 2016 
  9. «U.S. Bank, Vikings Introduce "U.S. Bank Stadium" & 'Places To Play' Program». Vikings.com. Consultado em 23 de agosto de 2016 
  10. Sinker, Howard. «Report: U.S. Bank to get naming rights for Vikings stadium». Star Tribune. Consultado em 24 de agosto de 2016