Músculo trapézio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Músculo trapézio
Trapezius.png
Trapézio.
Gray409.png
Músculos unindo a extremidade superior à coluna vertebral.
Latim musculus trapezius
Gray's subject #121 432
Origem arises, down the midline, from the external occipital protuberance, the nuchal ligament, the medial part of the superior nuchal line, and the spinous processes of the vertebrae C7-T12
Inserção    at the shoulders, into the lateral third of the clavicle, the acromion process, and into the spine of the scapula
Vascularização
Inervação O nervo principal que supre é o: Nervo acessório. Os nervos craniais C3 e C4 recebem as informações sobre dores nesse músculo.
Ações eleva, deprime, retrai e rota superiormente a escápula

O músculo trapézio, de configuração triangular, mais superficial dos músculos da região posterior do tronco e do pescoço. Sua origem evolutiva advém dos músculos das brânquias dos primeiros tetrápodes, e é por isso que, sendo inervado por nervos craniais, pessoas paralíticas do pescoço para baixo por ferimento espinal ainda podem mover os ombros[1].

Divide-se em Trapézio Superior, Médio, Inferior, tendo cada um deles a sua origem, inserção e movimentos específicos. Trapézio Superior (ou decendente[2]): tem origem no occipital e nas primeiras vértebras cervicais. Insere-se no bordo posterior da clavícula e o faz a elevação dos ombros. Trapézio Médio (ou transversal): tem origem na apófises espinhosas da 7ª vértebra cervical e das primeiras dorsais, inserindo-se no bordo interno do acrômio e no bordo posterior da espinha da escápula. Faz adução da escápula e retração do ombro. Trapézio Inferior (ou ascendente[2]): tem origem nas apófises espinhosas das últimas vértebras dorsais e a inserção na extremidade interna da espinha da escápula. Faz a adução e depressão da escápula.

Origem: na base do osso ocipital, ligamento nucal superior e processos espinhosos, desde a 7ª cervical até a décima segunda vértebra torácica.

Inserção: no terço lateral da clavícula, acrômio e espinha da escápula.

Ações[editar | editar código-fonte]

  • Porção Superior (Descendente)

Quando fixo na escapula, eleva, aproxima-a da coluna vertebral e a rota superiormente. Quando fixo na coluna, inclina a cabeça para mesmo lado e realiza rotação contralateral do pescoço.

  • Porção Média (Transverso)

Rotação superior e adução da escápula.

  • Porção Inferior (Ascendente)

Realiza rotação superior, e depressão escapular. Além de auxiliar na aproximação da escapula a coluna vertebral.

Na abdução completa com a adução escapular todas as porções do Trapézio se contraem.

Em indivíduos com disfunção do músculo é notório a incapacidade da rotação superior completa da escápula. Consequentemente a abdução de ombro fica limitada a 120°, visto que a partir dessa angulação a rotação superior da escápula é quem torna possível o movimento ate 180°.

Referências

  1. POUGH, JANIS & HEISER. "A vida dos vertebrados". São Paulo : Atheneu 2006, 4ª ed.
  2. a b Neumann, Donald A. (1 de janeiro de 2010). Cinesiologia do aparelho musculoesquelético: fundamentos para reabilitação. [S.l.]: Elsevier Health Sciences. ISBN 8535239669 
  • DÂNGELO, José Geraldo & FATTINI, Carlo Américo.
Ícone de esboço Este artigo sobre Anatomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.